Acadêmicos de medicina realizam missa de 7º dia para colega assassinada

Patrícia é natural do Estado de Rondônia. Tentou cursar medicina na cidade de Cobija (Bolívia) - Foto: Facebook
Patrícia é natural do Estado de Rondônia. Tentou cursar medicina na cidade de Cobija (Bolívia) – Foto: Facebook

Os brasileiros acadêmicos de medicina, ainda comovidos pela perda brutal da colega Patrícia Alves, assassinada pelo ex-namorado na cidade de Cobija, lado boliviano e que se encontra foragido, irão realizar nesta quinta-feira, dia 11, uma Missa de 7º dia em sua homenagem.

Com previsão de início a partir das 19 horas, a missa será realizada na igreja católica de Nossa Senhora das Dores, localizada no centro de Brasiléia. Todos estão convidados, além dos estudantes, a participar desde ato de solidariedade e fé.

Comentários