Acre gasta mais R$ 378 mil com assistência a haitianos

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) publicou no Diário Oficial desta sexta-feira o mais recente contrato com empresa para o fornecimento de refeição para os imigrantes haitianos que continuam a chegar ao Brasil pelo Acre. O governo irá gastar desta vez R$ 378 mil, verba esta repassada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Desde meados do ano passado o Estado estava sem fornecer alimentação por conta das dificuldades financeiras, e do limite de gastos com os imigrantes. Sozinho, o Acre já desembolsou R$ 2,5 milhões. Somadas as transferências federais, o gasto com os haitianos é de R$ 3,3 milhões.

Desta vez o governo irá fornecer 72 mil marmitas para almoço e jantar, mais 36 mil kits de café da manhã. Hoje em Brasiléia há ao menos 400 haitianos à espera de uma oportunidade de emprego no Brasil.

À medida que há a saída de pessoas contratadas por empresas de várias regiões do país, outros grupos continuam a entrar. Segundo a Sejudh, este fluxo está menor em comparação com 2011 e 2012.

Fábio Pontes – agazeta.net

Matérias relacionadas:

Imigração: haitanos com destino a Brasileia são vítimas de coiotes

Cerca de 600 haitianos estão vivendo em situação precária numa casa de 3 quartos

Longe da família, haitiana sofre com depressão em Brasiléia

Haitianos em Brasiléia vivem no céu e o inferno ao mesmo tempo

Imigrantes haitianos mudam da casa para espaço maior em clube

 

 

Comentários