Antônia Sales afirma que dinheiro contraído pelo governo através de empréstimos sumiu e nunca foi destinado à saúde

antoniasales091013A deputada Antônia Sales (PMDB) questionou na sessão desta quarta-feira, 9, os investimentos do governo no sistema público de saúde do Estado do Acre. Segundo a oposicionista, o dinheiro contraído pelo Poder Executivo através de empréstimos para ser aplicado nos setores de educação, saúde e agricultura “sumiu”. Durante pronunciamento na tribuna a deputada fez um desabafo por conta do protesto do filho de Maria das Graças Alencar de Araújo, Jair Alencar, que nesta manhã se acorrentou na galeria Marina Silva, da Assembleia Legislativa, protestando contra a demora no tratamento de sua mãe que sofre há mais de três anos por falta de um procedimento cirúrgico.

“Essa senhora espera há mais de três anos para resolver seu problema de saúde e ainda querem dizer que isso é politicagem. Eu gostaria de saber onde está o dinheiro dos empréstimos que não foi até agora investido na saúde, essa senhora tem direito de receber um atendimento de qualidade, a nossa constituição garante. Isso é um absurdo o que estão fazendo com essa senhora”, disse.

Quanto às declarações do deputado Walter Prado (PROS) que na tribuna disse que teria feito tratamento fora do estado através do Sistema Único de Saúde (SUS), a deputada também se manifestou. “Para qualquer um de nós ter acesso a um atendimento de saúde é muito mais fácil, não enfrentamos tanta burocracia porque somos conhecidos, mas para um rapaz como o Jair, que é desconhecido, tudo é mais difícil. É mais um cidadão, é mais um que sofre, não podemos admitir que uma senhora que chegou com um buraco na barriga, não possa ter acesso a uma colostomia”, desabafou.

Para Antônia Sales, o problema de saúde da idosa Maria Alencar já saiu da área política e encontra-se agora na Justiça. “O caso da dona Maria saiu da área política e está agora na Justiça, dessa forma o Estado terá que cumprir o seu papel. Prometeram a um promotor que logo seria resolvido o problema e já se passaram oito meses desde essa promessa e nada foi resolvido. Não podemos ficar de braços cruzados, o nosso povo merece respeito”, concluiu.

O caso de Maria das Graças Alencar

No último dia 26 de setembro, dona Maria das Graças passou mal na galeria da Assembleia Legislativa onde foi buscar apoio dos deputados para ser atendida pelo TFD e conseguir embarcar. Ela foi atendida pelo SAMU que encaminhou a idosa às pressas ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco. A deputada Antônia Sales acompanhou o caso. Bastante preocupada, a parlamentar classificou a saúde no Acre com um descaso e cobrou ações do governador Tião Viana (PT) e da Secretária de Saúde, Suely Melo, para que se preste um atendimento digno à paciente. Passados 13 dias, o embarque e a cirurgia da idosa não aconteceram como combinado e desde então a deputada Antônia Sales procura uma solução para o caso que se arrasta desde 2011

Mircléia Magalhães
Foto: J. Simão
Agência Aleac

Comentários