Antonio Pedro reivindica melhorias nos ramais da região do Alto Acre

Deputado Antonio Pedro (EDM)

O deputado estadual Antonio Pedro (DEM) voltou a destacar a péssima qualidade dos ramais na região do Alto Acre. Ele frisou que produtores rurais estariam sendo prejudicados devido a ingerência das autoridades acreanas.

“Na última quarta-feira estivemos no Seringal Cachoeira, na comunidade Chora Menino, participando da entrega de mais de 50 títulos de concessão de terra. Uma alegria, pois, essas famílias agora terão acesso aos créditos e assim, poderão investir em suas terras. O que me deixa triste é ver o descaso com os ramais. Lá só passa caminhonete traçadas de tão precário que é o local. Com isso, os produtores acabam se prejudicando, haja vista não ter como escoar suas produções”, disse.

Antonio Pedro disse que os moradores do Assentamento Tupá também reclamam da condições dos ramais. “Estive conversando com alguns dos produtores do Assentamento Tupá e muitos relatam que também não estão conseguindo escoar a produção porque o ramal está intrafegável. Vejam o que está acontecendo, simplesmente a ingerência de nossas autoridades estão colocando em risco o sustento de muitas famílias. Tem produtor que atravessa o ramal a pé e quando chegar na beira do asfalto, o produto já está estragado devido ao calor”.

Ele frisa que os assentados foram esquecidos pelo Governo do Estado. “Aquelas pessoas não possuem nenhum tipo de assistência técnica ou qualquer suporte. Estão completamente abandonados. Nem carroça de boi atravessa aquele ramal e muitos outros na região do Alto Acre”, disse ao frisar ainda que as crianças estariam sendo prejudicadas.

Antonio Pedro (d), com o superintendente do Incra/AC, Eduardo Ambros Ribeiro e o prefeito de Epitaciolândia, Tião flores, durante visitas em ramais do Alto Acre.

“Tem criança que para chegar na escola precisa caminhar cerca de 16 km de ida e volta. Tudo isso devido a precariedade dos ramais. Isso é uma falta de respeito com o ser humano. Como uma criança dessa consegue se concentrar na aula se chega na escola extremamente cansada da caminhada?, questionou o deputado ao pedir também uma atenção especial por parte das autoridades competentes. “Visitem os locais, vejam in-loco a necessidade dessa pessoas e busquem uma solução. Não podemos simplesmente permitir que nossas crianças deixem de ir a aula porque nenhum carro ou ônibus conseguem entrar no ramal”.

Por fim, o parlamentar frisou que o prefeito de Epitaciolândia, Tião Flores, disse que teria o maquinário para fazer os ramais, porém, precisaria da ajuda da prefeitura de Xapuri. Antonio Pedro lamentou a falta de uma acordo devido à ausência de Bira na reunião.

“O prefeito Tião Flores disse que tem todo o maquinário e que poderia fazer os ramais caso a prefeitura de Xapuri ajudasse com o combustível. Uma ótima proposta, uma pena que não se firmou nenhum compromisso, pois, o prefeito de Xapuri, Bira Vasconcelos não compareceu à reunião. Tantos problemas em decorrência da falta de ramal. Crianças sem irem a escola, produções se estragando. Lamentável”. (Assessoria Parlamentar)

Comentários