Brasiléia registra terceiro suicídio por enforcamento em menos de dois meses

Antonio poderá ser sepultado com indigente caso algum parente não reclame o corpo - Fotos; Alexandre Lima
Antonio poderá ser sepultado com indigente caso algum parente não reclame o corpo – Fotos; Alexandre Lima

Alexandre Lima

Um término de relacionamento na cidade de Brasiléia, acabou em suicídio no Bairro Alberto Castro na noite deste domingo, dia 17. Francisco Gomes da Silva (56), natural do estado do Mato Grosso do Sul, conhecido como ‘Ceará’, pós fim a sua vida por volta das 20h00.

Segundo foi apurado no local com sua ex-companheira, conheceu ‘Ceará’ a menos de dois meses e resolveram que deveriam morar juntos, a uma semana. o romance que mal havia começado encontrou uma barreira quando o álcool passou a incomodar no relacionamento.

Vendo que não mudaria, a mulher resolveu terminar o relacionamento, o que não foi aceito pelo homem. Francisco ameaçou que, caso fosse embora, iria se matar e não foi levado em conta. Vendo que poderia ficar sozinho, se trancou no quarto alugado e pós fim a sua vida.

Seu corpo foi localizado pela mulher que voltou algumas horas depois. A polícia militar, perito criminal e civil foram acionados até o local para resgatar o corpo e levar ao IML.

IMG_4604Foi levantado que ‘Ceará’ não teria qualquer parente na cidade e no Acre, o que pode resultar no sepultamento como indigente, caso ninguém reclame o corpo. Em tempo, esse é o terceiro caso de suicídio registrado no município de Brasiléia e menos de dois meses.

Comentários