Brasiléia se antecipa e institui sua Comissão de Defesa Civil

Prefeito Everaldo Gomes estabeleceu que trabalhos devem ser realizados prevendo enchente anunciadas pelos meteorologistas

Prefeito Everaldo Gomes estabeleceu que trabalhos devem ser realizados prevendo enchente anunciadas pelos meteorologistas
Prefeito Everaldo Gomes estabeleceu que trabalhos devem ser realizados prevendo enchente anunciadas pelos meteorologistas

Convidando os representantes do Pode Judiciário, Corpo de Bombeiros, Policia Militar, Exército Brasileiro, Vereadores e seus secretários. O Prefeito de Brasiléia, Everaldo Gomes (PMDB) criou a Comissão Municipal de Defesa Civil. O objetivo é garantir o planejamento de contingência antecipado, caso aconteça uma nova enchente no município, como a que ocorreu em 2012.

O alerta de uma possível enchente pelos serviços meteorológicos levou o prefeito e toda sua equipe a fazer um levantamento e cancelar até mesmo o carnaval de Rua. A medida preventiva aconteceu, temendo não ter condições financeiras e estruturais para montar qualquer tipo de plano emergencial para ajudar a população.

Abrindo a reunião o prefeito agradeceu a presença dos representantes dos órgãos convidados, e desejou que não houvesse uma enchente, mas que os participantes da Comissão de Defesa Civil se empenhassem em desenvolver um Plano de Contingência antecipando uma possível alagação. “Precisamos nos preparar e termos em mãos as reais condições para atuarmos e não deixar a população que mais precisa sem amparo. A formação dessa comissão vai garantir essa atenção”, frisou Everaldo.

O Capitão da Policia Militar, Romulo Modesto disse que a decisão da prefeitura em cancelar o carnaval foi acertada e que a criação da Comissão Municipal de Defesa Civil é um marco na história do município. “Havendo uma organização antecipada podemos prever o que pode ocorrer e nos anteciparmos dos fatos no socorro a população”, destacou.

O Tenente do Corpo de Bombeiros, Arleudo Batista explicou a linha de atuação da Defesa Civil Municipal e suas responsabilidades. O tenente ressaltou ainda, que o Plano de Contingência está quase pronto, e que está precisando somente da logística dos possíveis serviços que serão desenvolvidos caso ocorra à enchente.

Aprovado por todos os presentes na reunião, o Secretário de Obras do Município, Clécio Gadelha foi escolhido como presidente da Comissão de Defesa Civil. “Vamos procurar disponibilizar a logístico caso tenha a necessidade de atuação e organizaremos um o Plano de Contingência para não deixar a população desassistida pelo Poder Público Municipal”, disse Gadelha.

Os membros escolhidos para compor a comissão, são: Clécio Gadelha, presidente; Capitão Romulo Modesto; Arleudo Batista e a Secretária de Saúde, Aldenice Ferreira. Juntos os membros irão organizar os trabalhos para a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil atuar nas ações emergenciais que vierem a ocorrer no município.

Comentários