Brasileiros estão algemados ao relento do lado fora do presídio em Pando

Situação está a beira do caos no presídio de Villa Bush e familiares temem o pior

Alexandre Lima, com Almir Andrade

Brasileiros estão algemados na cerca do lado de fora ao relento
Brasileiros estão algemados na cerca do lado de fora ao relento – Foto: captura

A situação dos brasileiros que foram vítimas de espancamento no presídio de Villa Bush, em Pando (Bolívia), ocorrido na noite de segunda e durou horas até a madrugada de terça, ainda está longe de ser solucionada e já repercutiu em vários meios de comunicação no Brasil e no país vizinho.

Na manhã desta quinta-feira, dia 14, familiares ainda tentavam sensibilizar as autoridades do Brasil na tentativa de conseguir a extradição dos feridos para que pudessem receber melhor atendimento hospitalar. Num dos casos, relatam que tem um em estado de coma e outro ferido a golpe de faca e estão entre a vida e a morte.

Cerca de 30 brasileiros estão cumprindo penas diversas na presídeio de Villa Bush, em Pando (Bolíva)
Cerca de 30 brasileiros estão cumprindo penas diversas na presídeio de Villa Bush, em Pando (Bolíva)

Na vídeo-reportagem com Almir Andrade, os parentes e esposas relatam que algo de mais grave ainda poderá acontecer, já que todos estão ameaçados de mortes caso voltem para suas celas no presídio. Pedem ainda, a ajuda imediata das autoridades brasileiras.

No vídeo, se pode ver que os presos estão algemados na grade do lado de fora ao relento. Alguns estão feridos e temem por suas vidas. Algumas salas do presídio foram destruídas pelos presos bolivianos depois que praticaram a sessão de tortura e morte de um brasileiro.

Familiares de Arlexsandro Bezerra Montenegro (38), conhecido pelo apelido de ‘LEKE’, que teve uma morte brutal após ter sua cabeça esmagada a golpes de pau e terçado (facão), estão tentando trazer o corpo para ser enterrado na cidade de Rio Branco.

Vários políticos do Acre, na esfera estadual e federal, se manifestaram sobre o caso e pedem providencias do Ministério das Relações Exteriores e Justiça.

Mesmo feridos, estão algemados do lado de fora e estão ameaçados de morte
Mesmo feridos, estão algemados do lado de fora e estão ameaçados de morte

Informações passadas pelos familiares dizem que as autoridades bolivianas poderão transferir os feridos para a cidade de La Paz.

Matérias relacionadas:

Rebelião em presídio boliviano registra um brasileiro morto e vários feridos

Familiares tentam resgatar corpo de vítima de massacre em presídio boliviano

Morte de brasileiro da Bolívia: Sérgio Petecão vai denunciar Evo Morales no Senado

Deputado chama presídio boliviano de “pocilgas de matar brasileiros”

Comentários