Casal busca ajuda para tratamento de filho que teve bacia quebrada durante parto

Sirlandia e Ednilson precisam de ajuda para o tratamento do filho que teve a bacia quebrada durante o parto.
Alexandre Lima

Um parto ocorrido no dia 16 de dezembro passado, no hospital de clinicas Raimundo Chaar em Brasiléia, está levando transtornos em preocupação ao casal que mora no km 79, da BR 317 (Estrada do Pacífico), desde o nascimento do filho.

Segundo foi apurado, o parto cesariana deveria ocorrer tudo tranquilo quando aconteceu a retirada do bebê. Foi quando perceberam que a bacia teria sofrido um deslocamento, sendo necessário o engessamento imediato da cintura para baixo.

Horas após o parto, quando a criança teve parte do corpo engessada.

Informações sobre caso está sendo apurado, por enquanto, os nomes estão sendo guardados até se resolva na esfera judicial e internamente no hospital. Desde então, os pais estão buscando cuidados para o filho, uma vez moram longe e não tem condições financeiras para ir e virem da capital.

Contaram que já foram uma vez, conseguirem uma vaga numa das ambulâncias, mas, teriam sido enviados de volta após liberação médica. Novamente, após procurarem o hospital de Brasiléia, foram encaminhados à Capital e não tem como se manterem por lá por conta própria.

Diante dos problemas causados na hora do parto, Sirlandia da Silva Rocha e Ednilson Araújo dos Santos, os pais, estão pedindo ajuda par que possam ir para Rio Branco e ficar acompanhando o filho no tratamento.

Uma tia, Cacilda Araújo dos Santos (Nina), que mora no Bairro Samaúma I, Rua da Olaria, número 341, poderá ser localizada na Malharia e Confecções Nira, na Avenida Prefeito Rolando Moreira, quase em frente aos Correios de Brasiléia, caso alguém quero ajudar. Contatos celular; (68) 99939-1032.

A direção do hospital será procurada para que possam se manifestar sobre o caso. Mais informações a qualquer momento.

 

Comentários