Com ajuda da Amac e Condiac prefeitos do Alto Acre irão providenciar projeto do Plano de Resíduos Sólidos

Prefeituras devem apresentar Planos de Resíduos Sólidos até 2014 em obediência a lei de impactos ambientais

Todos os prefeitos da regional do Alto Acre e assessores participaram da reunião - Foto: Assessoria
Todos os prefeitos da regional do Alto Acre e assessores participaram da reunião – Foto: Assessoria

WILIANDRO DERZE, assessoria PMB

O Projeto do Plano de Resíduos Sólidos deve se apresentado pelos municípios brasileiros até 2014, como estipula a lei nacional de impactos ambientais. E por conta disso, os prefeitos que compõem o Consórcio das prefeituras do Alto Acre conhecido como Condiac, juntamente com a diretora executiva da Associação dos Municípios do Acre – Amac se reuniram em Brasiléia nesta sexta-feira, 8, para tratar de como irão viabilizar os projetos e recursos no objetivo de executar o projeto.

O problemática dos aterros sanitários é uma meta a ser resolvida pelos gestores - Foto: Assessoria
O problemática dos aterros sanitários é uma meta a ser resolvida pelos gestores – Foto: Assessoria

A reunião entre os prefeitos e a diretora da Amac, tratou de estabelecer quais os meios devem ser trabalhados pelos prefeitos para que os projetos sejam executados e como cada município deve busca os recursos.

A diretora executiva da Amac, Telma chaves explicou que o primeiro passo dos prefeitos é providenciar as áreas e suas devidas licenças ambientais. Ficando o segundo passo para visitar o amazonas pioneiro nos projetos de resíduos sólidos. No objetivo de conhecer os projetos que vem sendo executados e saber dos técnicos como foram realizados. Buscando inclusive com os prefeitos da região experiências de como viabilizar o projeto.

De acordo com Telma, o terceiro ponto que deve ser assegurado é a capacidade dos municípios buscarem parcerias e apoios do Governo do Estado e da bancada federal para a aquisição de recursos. “Precisamos conhecer as experiências inovadoras no Estado do Amazonas e analisar as condições que podemos obter para instalar esses projetos em nossos municípios”, destacou a diretora.

O prefeito Everaldo Gomes disse que a participação da Amac e do Condiac é o fortalecimento que os prefeitos precisam para viabilizar os projetos e conquistar os recursos, junto à bancada federal e ter o apoio do Governo do Estado. “Temos dois parceiros como o Condiac e Amac que vão nos garantir o suporte para conhecer alguns projetos que deram certos em outros estados. Essas duas instituições que vão ajudar as prefeituras do Alto Acre vai orientar as administrações municipais, para conseguirmos os recursos para a execução do projeto”, disse o prefeito.

O prefeito de Epitaciolandia, André Hassem destacou que a reunião do Condiac com a Amac fortalece os trabalhos que os prefeitos pretendem desenvolver. “Com o apoio dessas instituições vamos adquirir um projeto inovador e que leva a qualidade de vida as pessoas e protegendo também o nosso meio ambiente. A Amac e o Condiac são parceiros fundamentais, afinal são por meio desses trabalhos de nos ajudar nos projetos e aquisição de recurso que estamos em breve recebendo maquinários e que irão ajudar e muito nos trabalhos que estamos realiando em nossos municípios”, frisou Hassem

O vice-presidente da Amac, prefeito de Assis Brasil, Doutor Betinho disse que tanto a Amac, quanto o Condiac estarão dando os apoios necessários para viabilizar os projetos e recursos que venham trazer o desenvolvimento aos municípios.

Estiveram presentes na reunião também o prefeito de Xapuri Marquinhos e o de Capixaba, Vareda. Na próxima semana os prefeitos estarão cumprindo agenda na Capital federal em busca de recursos para viabilizar os projetos de cada município.

Representantes dos Municipios da regional do Alto Acre, além do Condiac e Amac - Foto: Assessoria
Representantes dos Municipios da regional do Alto Acre, além do Condiac e Amac – Foto: Assessoria

Comentários