Condenações de gestores somaram mais de R$ 17 milhões em devoluções aos cofres públicos

tribunal-de-contas-do-estado-do-acre-adota-normas-de-auditoria-governamental-nagsO Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE-AC) julgou 536 processos no ano de 2012. Desse número, as prestações de contas somaram 135 processos apreciados pela Corte.

As condenações por irregularidades cometidas somaram R$ 17.057.377,83 em devoluções aos cofres municipais e/ou estaduais e R$ 1.385.740,61 em aplicações de multas aos gestores e ex-gestores.

Das prestações de contas, 17 foram consideradas regulares, ou seja, sem nenhuma falha ou ausência de informações enviadas ao Tribunal. Entre elas estão a da Câmara Municipal de Epitaciolândia, do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e da Controladoria Geral do Estado, referentes a 2010.

Entre os processos julgados que apresentaram irregularidades estão a auditoria na prefeitura municipal de Tarauacá, exercícios de 2009 e 2010, prestação de contas da prefeitura municipal de Capixaba, exercício de 2008, e da prefeitura municipal de Porto Walter, exercício de 2010.

agazeta.net

Comentários