Crianças desmaiam após assistir peça teatral de Igreja evangélica em Brasiléia

Na tarde desssa segunda-feira 25, dezenas de estudantes da Escola Kairala José Kairalana faixa etária de 13 a 15 anos superlotaram o pronto socorro do hospital de Brasiléia em estado de choque após assistirem uma peça teatral, denominada Mundi versos Algemas, da Igreja Batista Filadelfia.

O réporter Fernando Oliveira ouviu pais de alunos, a gestora da escola e o Pastor da Igreja,  sobre o ocorrido. Há um misto de desentendimentos quanto ao teor o que pôde ter acarretado essse comportamento estranho nas crianças, uma delas inclusive, de dirigiu ao banheiro da escola no decorrer da peça para tentar contra a própria vida.

Para o senhor Raimundo Duarte, sua filha chegou em casa aprentando estar com muitas pancadas na cabeça, toda suja e sem material escolar, seu celular tambem não estava com ela. “Ela está abalada, estou com medo até de um suicídio. A gente pensa que o filho está estudando e derrepente acontece isso, acho muito errado esse tipo de pregação na escola”,disse ele.

No decorrer da entrevista com uma mãe, o reporter, foi interronpido por uma jovem que havia passado mal, dizendo que a referida peça, mostra cenas fortes, do diabo acupando a vida das pessoas através do alcool, drogas, atos lésbicos e etc.

Segundo a mãe de aluna Lecy Félix, estava auxliando as pessoas desabrigadas pela alagação, quando recebeu uma ligação dando conta que sua filha estava desmaiada e que iriam levar ao hospital. “Não reconheci minha filha, carregada no cólo dos outros, horrível lembrar daquilo”. Lecy diz ainda que ao lado de sua filha estavam mais três crianças no mesmo estado de choque.

Fomos informados que a Peça teatral havia sido apresentada na Escola no turno da manhã, e que transcorreu normalmente.

O Pastor José Weliton, responsável pela peça, diz que atendeu um convite da diretora da Escola para trazer às crianças, alguma coisa sobre a semana santa. Na apresentação para alunos que estudam de manhã tudo ocorreu como programado, à tarde a coisa foi diferente,segundo ele, que reforça o ocorrido como uma obra divina. ” O que eu vi hoje aqui, foi uma obra de Deus, as pessoas, mais de 40, aceitando Jesus, houve esse fato das crianças que passaram mal, mas não disse para ninguem que elas estavam possuidas pelo demônio”, falou.

A Polícia Militar e Corpo de Bombeiros foram acionados ao local, que viveu tarde pavorosa. Em conversa com a Gestora da Escola KJK, professora Wilma Galli, percebemos que foi uma surpresa generalizada, pois o Pastor Weliton, segundo a gestora é um daqueles amigos da escola, e em outras ocasiões já auxiliou, com apresentações em datas comemorativas, para ela as crianças terão acompanhamentos de psicólogo.

Com o incidente, a apresentação da Peça teatral Mundi X Algemas, que estava marcada para acontecer também à noite, foi cancelada.

Fontes: Sentinela da Fronteira, com Fernando Oliveira

Comentários