Cruzeiro do Sul encanta público e fatura R$ 100 mil no Dança da Galera

Confira o que rolou no terceiro confronto que agitou o Acre e Espírito Santo

Município de Cruzeiro do Sul, capital do Juruá/Foto: Ilustração
Município de Cruzeiro do Sul, capital do Juruá/Foto: Ilustração

A cidade de Cruzeiro do Sul (AC) – com a coreografia embalada pela música “Canta Brasil”, composição de Alcyr Pires e David Nasser e sucesso na voz de Gal Costa -, levou o prêmio de R$ 100 mil para a Pastoral da Criança local, na segunda temporada da Dança da Galera.

A cidade disputou o prêmio com Guarapari (ES), que também fez bonito ao som de “Descobridor dos Sete Mares” de Tim Maia.

Cruzeiro do Sul

Representante da região Norte, Cruzeiro do Sul está localizada a 680 km de Rio Branco. Com 78 mil habitantes, a cidade é banhada pelo Rio Juruá e povoada por diversas tribos indígenas, sendo os Nauas a etnia dominante. O quadro recebeu 1.740 inscrições na cidade.

Os atores Sérgio Marone e Monique Alfradique foram os embaixadores de Cruzeiro do Sul (AC) e puderam acompanhar de perto o dia a dia de uma tribo indígena. Os ensaios foram tão animados que as pessoas não paravam de dançar quando acabávamos”, contou Monique Alfradique.

Guarapari

Representante da região Sudeste e com 105 mil habitantes, a cidade é conhecida por suas belas praias e areias com propriedades medicinais.

A top Fernanda Motta e o ator Ricardo Pereira foram os embaixadores de Guarapari (ES) e se encantaram bela beleza e as delícias gastronômicas da cidade. A dupla visitou uma comunidade quilombola e ficou encantada. “O povo de Guarapari demonstrou muita garra e determinação. Ensaiaram até debaixo de chuva!”, lembrou Ricardo Pereira.

Para produzir o quadro, a equipe do programa viajou pelas seis regiões do Brasil, rodando 30 mil quilômetros em quase dois meses de gravações. No domingo passado, deu empate entre Botucatu (SP) e Coruripe (AL).

Comentários