Curto elétrico em computador de posto do INSS em Brasiléia quase incendeia prédio

Graças ao alarme e ação rápida de vigia que acionou Bombeiros, pior não aconteceu

Alexandre Lima
Equipamento ficou completamente destruido e quase incendiou prédio - Fotos: Alexandre Lima
Equipamento ficou completamente destruido e quase incendiou prédio – Fotos: Alexandre Lima

Uma Central de processamento Único – CPU, de um dos computadores que servia para atendimento no posto do INSS, localizado no mesmo prédio do Núcleo da Ufac em Brasileia, misteriosamente entrou em curto e pegou fogo na noite deste sábado, dia 16.

Segundo foi apurado no local, o posto de atendimento Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), havia sido transferido de local a cerca de uma semana e passou a ocupar uma sala no mesmo prédio onde funciona o Núcleo da Ufac na cidade.

Misteriosamente, o alarme foi acionado disparando a sirene devido uma densa fumaça ter tomado de conta da sala. Foi quando um funcionário da empresa que presta serviço de vigilância, passava pelo local e percebeu que algo estava errado.

Sem muito o que fazer ao perceber a fumaça, arrombou a porta e viu que algo estaria queimando dentro do escritório. Foi quando os bombeiros foram acionados através do 193 e se deslocaram até o local para verificar o ocorrido.

Dentro da sala que estava cheia de uma densa fumaça, encontram uma CPU em curto e iniciando um incêndio. De principio, se pensava que fosse um ‘no-break’, aparelho que possui uma bateria interna ligado na rede elétrica, usado para evitar corte repentino de energia no computado.

O mesmo foi retirado do local e suas chamas apagadas no caminhão dos bombeiros no lado de fora. A sala, ficou completamente tomada pela fuligem, fumaça e um forte odor.

Todos os aparelhos restantes foram desligados das tomadas.

Comentários