Deputado denuncia “apadrinhamento político” de empreiteira que atua na BR-364

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O deputado Walter Prado (PEN) informou nesta terça-feira (13), que entrará com representação contra o Departamento Nacional de Infra-estrutura (Dnit). Prado suspeita de apadrinhamento político da empresa CCL que apesar de vencer a licitação para as obras da BR-364 – não estaria fazendo a recuperação do trecho sob sua responsabilidade.

Segundo o parlamentar, que afirmou que a empreiteira estaria tapando os buracos da estrada com barro, o trecho da BR-364 entre Rio Branco e Sena Madureira que está sendo recuperado pela empresa CCL, de Curitiba não vem recebendo os devidos reparos de acordo com o contrato firmado com o Dnit.

“Existe apadrinhamento político para que a empresa continue a executar obras na via. Quero saber na política quem está por trás dessa empresa. Deve ser um padrinho muito forte. Isso é um assunto sério. Afeta a todos”, declara Prado.

O deputado acrescentou que 20% dos recursos já devem ter sido pagos à empresa, entretanto, no lugar da camada asfaltica está sendo colocado barro, levando risco a vida dos condutores.

“Não podemos nos calar e fugir desse debate. Não podemos ficar tudo bacana, sendo que a grana já foi. Vou pedir todas as informações ao Dnit. Vou entrar com uma representação no Dnit pedindo esclarecimentos”, disse o parlamentar.

Prado ressaltou não entender o porquê do silêncio das pessoas que moram ao longo da rodovia. Para ele, “o povo do Acre tem que acordar também, pois quem paga manda”.

Comentários