DNIT realiza a manutenção da BR-317 e BR-364

A manutenção das rodovias federais que cortam o Estado do Acre agora são responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O governo federal está investindo R$ 143 milhões na recuperação de trechos que vão da divisa com Rondônia até Assis Brasil e também no trecho entre Rio Branco e Sena Madureira.

O DNIT realiza manutenção na BR-317 e 364 (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
O DNIT realiza manutenção na BR-317 e 364 (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

 

O diretor do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre), Ocírodo Júnior, explica que, após cinco anos de entrega de cada trecho das rodovias federais, o governo federal, através do DNIT, passa a ser responsável pela manutenção das estradas. É o caso das BRs 317 e 364 – esta última somente no trecho Rio Branco/Sena Madureira. “Antes desse período de cinco anos é a empresa que construiu a obra que fica responsável por manter a estrada”, comenta.

Os R$ 143 milhões que a presidente Dilma Rousseff destinou para a manutenção das estradas no Acre estão divididos em cinco lotes: da divisa com Rondônia até Rio Branco; do Quinari até Xapuri; de Xapuri a Brasileia e de Brasileia até o quilômetro 52 sentido Assis Brasil.

Em todos os trechos as empresas que venceram as licitações estão trabalhando. A exceção é o trecho Rio Branco/Sena Madureira, onde a empresa vencedora do contrato pediu rescisão e desistiu do trecho. “A empresa ainda está no trecho, mas a equipe do Deracre também entrou para garantir uma operação tapa-buraco e não deixar a rodovia sem assistência até que a situação se resolva”, explicou Ocírodo.

Comentários