Eduardo Farias elogia postura da oposição e comemora possibilidade do Acre se tornar produtor de gás natural

eduardo170413O deputado Eduardo Farias (PCdoB) elogiou na sessão desta quarta-feira, 17, a postura da oposição por tratar de maneira responsável os problemas apresentados pelo deputado Chagas Romão (PMDB) e Major Rocha (PSDB) na tribuna durante a sessão da última terça-feira, 16, relativos ao Hospital do Câncer de Rio Branco. Segundo Eduardo Farias, apesar deles terem se pronunciado de forma “espalhafatosa” na prática eles têm agido com responsabilidade e respeito. “Quero elogiar a postura da oposição pela forma responsável que eles trataram a questão trazida pelos deputados Chagas Romão e Major Rocha com relação ao Hospital do Câncer de Rio Branco”, destacou.

Para o parlamentar, é papel dos deputados agir de maneira responsável. “Ontem constatei pela forma até espalhafatosa como as críticas foram feitas àquela unidade, mas a verdade é que na prática eles têm agido de maneira responsável e respeitosa até porque esse é o nosso papel, inclusive o da oposição”, disse.

Estudos comprovam presença de gás natural no Vale do Juruá

A possibilidade do Estado do Acre se tornar mais um Estado brasileiro produtor de gás natural e petróleo mostra a potencialidade e os novos rumos que o Acre está tomando, diz Eduardo Farias. Ele informou que no mês de outubro será iniciado o leilão do primeiro lote de exploração de gás natural na região do Vale do Juruá. Para ele o Acre tem um ponto positivo com relação ao meio ambiente por ser o eixo central do projeto político da FPA que é o “desenvolvimento sustentável”.

No início dos trabalhos, os estudos sísmicos para a demonstração do potencial para hidrocarbonetos confirmaram a presença de gás no Acre. Para o deputado, esse processo não só permitirá a geração de empregos num primeiro momento, como também incentivará o aumento da renda per capita na região e o aumento da arrecadação dos municípios. “Com esse processo haverá um forte ganho socioeconômico para o Estado do Acre” complementou Eduardo. Os municípios que fizeram parte dos estudos foram: Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Porto Walter, Cruzeiro do Sul e Marechal Thaumaturgo além dos municípios de Ipixuna e Guajará, no Amazonas, que também vão poder usufruir desses benefícios.

“Esses estudos mostraram claramente a potencialidade do nosso Estado e nos anima o rumo que ele está tomando. Podemos, sim, ser um efetivamente um estado de organização com geração suficiente de renda para garantir o bem-estar da população e o desenvolvimento do nosso Estado, eu tenho essa esperança. Fiquei muito feliz por esses estudos terem confirmado a presença de gás no Vale do Juruá, essa confirmação é um marco na economia acreana e estou muito feliz com isso”, comemorou.

Para concluir, o parlamentar informou que o calendário das plenárias que serão realizadas em Rio Branco para debater a ampliação da licença-maternidade, de quatro para seis meses, foi modificado. As plenárias que aconteceriam até o dia 18 de abril foram remarcadas, já os municípios que realizarão o evento mantiveram a agenda que está prevista para o dia 19 deste mês.

Mircléia Magalhães
Foto: J. Simão
Agência Aleac

Comentários