Élson Santiago repudia comentários sobre corrupção a respeito de deputados

ELSON-DEP-SOLIDARIO“Nós não vamos aceitar este tipo de comentário a respeito dos deputados. A Mesa Diretora repudia este tipo de comentário”, disse.

Da redação, com Gina Menezes

O presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), Élson Santiago (PEN), repudiou na manhã de terça-feira (12) as notas opinativas publicadas em um jornal diário na sexta-feira (8), que levantam a hipótese de os deputados estaduais estarem lutando pela liberação das emendas individuais para usar de forma corrupta.

Santiago afirmou que é inaceitável que haja comentários que coloquem em dúvida a honestidade dos parlamentares.

“Nós não vamos aceitar este tipo de comentário a respeito dos deputados. A Mesa Diretora repudia este tipo de comentário”, diz.

O comentário de Élson Santiago foi feito após discurso proferido por José Luiz Tchê (PDT), que falou a respeito da necessidade de aprovar o projeto que prevê que as emendas individuais dos parlamentares sejam impositivas.

Tchê lamentou que algumas pessoas estejam deturpando o caso – a batalha pela aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 03 que prevê a liberação de emendas de forma impositiva – e comentou com repúdio as notas publicadas em jornal diário lançando dúvidas sobre as reais intenções dos deputados na questão das emendas de R$ 100 mil, que são destinadas a ONGs e associações.

Ainda na sexta-feira, o vice-presidente da Mesa Diretora, Moisés Diniz (PCdoB), também repudiou as notas públicas e afirmou que os parlamentares merecem respeito.

Comentários