Energia dos acreanos pode ser privatizada até 2015, diz Reuters

Até o mês de junho o governo federal decide se privatiza ou nova concessão de 41 empresas distribuidoras de energia. Desde o ano passado, a holding estatal analisa vender as seis distribuidoras federalizadas sob seu controle. Além de Ceal e Cepisa, ela também controla as empresas de Rondônia, Acre, Amazonas e Roraima.

A informação é da agência Reuters – um dos maiores sites financeiros do mundo – com exceção da Eletrobrás Acre, as distribuidoras federalizadas acumularam prejuízo de R$ 852 milhões de entre janeiro e setembro de 2012.

A agência Reuters conseguiu a informação através de uma fonte do governo federal, a eventual venda das empresas da região Norte, que tem situação mais delicada e em boa parte ainda não estão interligadas ao sistema, poderia ficar para um segundo momento. Além disso as empresas citadas estão com contratos de vencimentos entre 2015 e 2016.

Segundo a Annel (Agência Nacional de Energia Elétrica), o processo de renovação das distribuidoras será iniciado depois que o governo encaminhar a regulamentação com os critérios para os novos contratos.

Fonte: ac24horas

Comentários