Estrada de Brasiléia é tomada por desmoronamentos

Pelo menos cinco grandes buracos deixam a BR – 317 perigosa para o tráfego de veículos (Foto: Ana Paula Batalha/Agazeta.Net)
Pelo menos cinco grandes buracos deixam a BR – 317 perigosa para o tráfego de veículos (Foto: Ana Paula Batalha/Agazeta.Net)

A BR – 317, que liga Rio Branco a Brasiléia, se transformou numa verdadeira viagem de malabarismo.

Desviar os milhares de buracos é praticamente impossível e, os desmoronamentos colocam em risco a vida dos condutores que passam pelo local diariamente.

A estrada construída a custa de milhões de reais aos poucos vai se acabando devido a inércia do poder público.

Os 235 quilômetros de viagem merecem atenção redobrada após o quilômetro 100. São inúmeros buracos profundos, mas a atenção fica por parte dos cinco desmoronamentos. Um já atingiu parte da estrada e os condutores devem seguir apenas por um lado da via.

Em todos deles, há placas de sinalização ao longo da estrada avisando do perigo, porém um é sinalizado apenas com pneus.

O Departamento de Estrada e Rodagens do Acre (Dereacre) já circulou os desmoronamentos e nos próximos dias deve começar a recuperação da BR.

Comentários