Famílias expulsas da Bolívia protestam contra a decisão do Incra na frente da Aleac

Os brasileiros que foram expulsos da Bolívia e ocupam as terras do Campo Alegre, no quilometro 102 da BR-317 – protestaram na frente da Assembleia Legislativa contra a decisão do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) de transferir as famílias para os municípios de Cruzeiro do Sul e Porto Walter, no Vale do Juruá.

Os manifestantes alegam que estão nas terras ocupadas na BR-317 – há mais de um ano e meio. Eles dizem ainda que estão com roçados plantados e às famílias adaptadas ao local. Os sem terra pedem a intervenção do Poder Legislativo, para mediar à questão junto ao Incra.

Ray Melo, do ac24horas

Comentários