Fernando Gabeira: “Senti no ar acreano uma sensação de fim de ciclo da longa dominação do PT, que já dura duas décadas”

gabeira

Fonte: Blog do Altino Machado

O jornalista Fernando Gabeira esteve na Universidade Federal do Acre, no sábado passado (13), onde participou de um evento pouco divulgado. Sempre lúcido, no final de uma palestra para uma plateia pequena, basicamente de estudantes e representantes indígenas, Gabeira disse:

– O próprio PT jamais entendeu a internet. “Ah! Tem internet? Então vamos criar um grupo de guerrilheiros na internet para atacar os nossos adversários e defender as nossas causas”. Ou então: “Vamos pagar a um grupo de blogueiros para defender as nossas posições e envenenar a reputação dos adversários”. Mas não é isso. As próprias pessoas na rede percebem. “Isso é matéria paga, isso é um cara a serviço do governo”. Elas perdem a característica fundamental que é a independência. Nós vimos nas manifestações que todas as pessoas que foram consultadas diziam: “Olha, nós não temos líderes, aqui não há líderes, nem queremos o governo”. E a imprensa ficou estupefata: “Como? Não há líder? Não é possível algo que não tenha líder”. Assim como não é possível algo que não seja produtivo, claro, nós temos esse objetivo. Mas era isso: nem tinham líder nem tinham objetivo de chegar ao poder. E o mundo hoje não é mais de líderes. É de pessoas que são líderes de si próprios. Desde menino eu achava que era líder e durante muito tempo me comportei como líder. Foi um imenso alívio ver as pessoas nas ruas dizendo que não há mais líder. É um imenso alívio para todos que acham que é (sic) líder também. Nós não precisamos mais de líderes. Podemos sentar e conversar coletivamente. Acho que isso foi também o elemento da revolução cultural que aconteceu no Brasil. Não só levou consigo algumas ilusões sobre o futebol, como levou também consigo algumas ilusões sobre as lideranças, a capacidade das pessoas convencerem as outras a fazerem alguma coisa, sobretudo num mundo em que todos estão informados e todos são donos de si próprios.

Após passar o final de semana no Acre, Gabeira fez um breve relato da viagem no site dele (veja) e afirmou:

– Quanto à política, senti no ar acreano uma sensação de fim de ciclo da longa dominação do PT, que já dura duas décadas. Mas apenas um fim de semana não dá para se chegar a grandes conclusões.

Comentários