Funcionária do Tribunal de Justiça do Estado do Acre é presa por associação ao tráfico

Investigadores da DRE da Polícia Civil prenderam no final da tarde de segunda-feira, 17, a servidora Luci Lima Miranda, do Tribunal de Justiça do Acre, sob a acusação de atuar como informante de traficantes do Bairro Cidade Nova.

De acordo com a polícia, a funcionária pública repassava informações sigilosas aos traficantes. Luci Lima estaria sendo investigada há mais de 15 dias.

A polícia chegou ao nome da servidora após a prisão de José Costa de Castro, 46, e Carlos Alberto Batista do Nascimento, 43, que foram presos com 43 quilos de maconha no início deste mês. Luci Lima foi apontada pelos criminosos, como a informante da dupla.

O crime é inafiançável. Luci será encaminhada ao presídio estadual na tarde de hoje.

Fonte: agazeta.net

Comentários