Gladson Cameli destaca resgate ambiental durante inauguração de revitalização do Igarapé Preto

A primeira etapa de revitalização do Igarapé Preto – balneário que faz parte do sítio aeroportuário da cidade de Cruzeiro do Sul – foi inaugurada na manhã de hoje (9)....

A primeira etapa de revitalização do Igarapé Preto – balneário que faz parte do sítio aeroportuário da cidade de Cruzeiro do Sul – foi inaugurada na manhã de hoje (9). Um muro de contenção de 130 metros foi construído para conter a erosão que ameaçava abrir uma cratera e interromper o trafego de veículos na região, além de uma calçada em toda margem do manancial com nova sinalização de trânsito para ajudar na acessibilidade.

Para o senador Gladson Cameli (Progressistas) autor da emenda de R$ 3,4 milhão destinada a revitalização do Igarapé, através da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônnia (SUDAM), a conclusão da primeira etapa de obras recupera a autoestima do povo cruzeirense em busca de sustentabilidade.

“Essa obra é o coração do turismo da capital do Juruá e faz parte do patrimônio ambiental do Acre. Gente de todo estado vem a Cruzeiro do Sul a negócios, a passeio, rever parentes, e assim como os filhos da terra, obrigatoriamente visitam o local que estava abandonado” comentou o senador.

Cameli falou do esforço que ele vem fazendo através do seu gabinete para garantir os recursos de continuidade do projeto, e disse que conta com o apoio da deputada federal Jéssica Sales (PMDB). O município vai receber R$ 4,4 milhões para executar o serviço somente através das emendas parlamentares.

O senador liberou na primeira etapa uma emenda de R$ 1,4 milhão, e outra de R$ 2 milhões, segundo o setor de licitação do município, já se encontra na Caixa Econômica Federal para aprovação e liberação. Além dos R$ 3,4 milhões, a deputada Jessica Sales é autora de mais uma emenda no valor de R$ 1 milhão.

“A deputada Jéssica Sales e o ex-prefeito Vagner Sales foram primordiais na assinatura do termo de convênio com a Infraero. A deputada tem junto comigo buscado a liberação de recursos para as próximas etapas. Muito ainda tem que se fazer para recuperar totalmente esse patrimônio, mas não vou sossegar enquanto não vê-lo totalmente revitalizado” destacou o progressista.

Projeto do governo que previa R$ 17 milhões de investimentos nunca saiu do papel

O balneário servia como local de trabalho para dezenas de pequenos e médios comerciantes. Há praticamente seis anos, com o abandono, o comercio ficou praticamente desativado. A falta de estrutura afastou o turista.

O deputado estadual Nicolau Junior (Progressistas) chegou a protocolar na Assembleia Legislativa do Acre, na forma regimental, requerimento pedindo explicações ao governo do Acre, sobre um projeto orçado em R$ 17 milhões, que receberia recursos do BNDES para revitalização do balneário, que nunca saiu do papel.

 

Comentários