Gladson Cameli é homenageado com Medalha no Cinquentenário do TJ acreano

Gladson ao lado do desembargador Adair Longuini/Foto: Assessoria
Gladson ao lado do desembargador Adair Longuini/Foto: Assessoria

Em reconhecimento a sua atuação a frente do parlamento, o deputado federal Gladson Cameli (PP-AC), foi homenageado com a Medalha do Cinquentenário, em comemoração aos 50 anos do Tribunal de Justiça do Acre, na tarde desta sexta-feira (6). A honraria da corte acreana foi entregue pelo desembargador Adair Longuini, durante Sessão Solene, na sede do Palácio da Justiça, no centro da capital.

A solenidade, iniciada pelo presidente do TJ-AC, desembargador Roberto Barros, teve um breve discurso e a apresentação de vídeo, relatando sobre os 50 anos do órgão. Foram homenageados instituições, magistrados, servidores e personalidades que contribuíram para o desenvolvimento e consolidação do Judiciário acreano.

Gladson Cameli, ao receber a medalha do desembargador Adair Longuini, foi reconhecido pelo esforço constante e luta pelo engrandecimento do estado, pois vem atuando de maneira significativa na Câmara Federal, buscando recursos para o crescimento do Acre. Longuini destacou o trabalho realizado pela bancada federal, que vem colaborando com o sucesso e desenvolvimento do Poder Judiciário.

“Agradeço a Corte por ter sido lembrado nesta ocasião tão importante, o Cinquentenário do Tribunal de Justiça. Para mim, a homenagem tem grande valor, pois escolhi trabalhar para servir o Acre. Precisamos caminhar todos juntos, permitindo maior interação, parceria e comprometimento, assim, caminharemos rumo a uma sociedade mais justa”, disse o parlamentar.

Na ocasião, foram homenageados ainda os deputados federais Taumaturgo Lima, Pérpetua Almeida e Flaviano Melo, juntamente com os senadores Aníbal Diniz e Sérgio Petecão.

A primeira sede da Corte do Palácio da Justiça se instalou no dia 15 de junho de 1963, um ano depois da entrada em vigor da Lei 4.070, de 15 de junho de 1962, que criou o estado do Acre.

Comentários