Governo discute esgotamento sanitário para cidades com menos de 50 mil habitantes

O sonho de ver todos os municípios acreanos servidos por rede de esgoto e água está mais próximo. O governador Tião Viana se reuniu na manhã desta terça-feira, 5, com o diretor do Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Gildo César, e com a representante da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Renata Silva e Souza, para discutir os últimos detalhes dos projetos que serão encaminhados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) fase 2.

O governador Tião Viana se reuniu com o diretor do Depasa, Gildo César, e com a representante da Funasa, Renata Silva e Souza (Foto: Sérgio Vale/Secom)
O governador Tião Viana se reuniu com o diretor do Depasa, Gildo César, e com a representante da Funasa, Renata Silva e Souza (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Segundo o diretor do Depasa, os projetos contemplam todos os municípios acreanos, com exceção de Rio Branco e Cruzeiro do Sul – que têm mais de 50 mil habitantes – e dos isolados – Marechal Taumaturgo, Porto Walter, Santa Rosa e Jordão. “A reunião foi para os últimos encaminhamentos sobre os projetos que contemplam os municípios com menos de 50 mil habitantes com sistema de esgotamento sanitário e reforço na rede de água”, explicou.

Os projetos estão em fase final de elaboração e serão encaminhados à Funasa até o dia 4 de abril. “O encontro foi para acompanhamento e orientação, mas o governo do Estado está adiantado nesse cadastramento, e a próxima fase é a analise pela Funasa. A expectativa é de que ainda este ano tenhamos obras do PAC 2 Fase 2”, disse Renata Souza.

 

Comentários