Governo do Acre gasta R$ 5,4 milhões com tornozeleiras eletrônicas para presidiários

Acre tem gasto milionário com tornozeleiras eletrônicas

O governo do Acre prorrogou por mais 12 meses contrato com a empresa SPACECOM MONITORAMENTO S/A, que oferece ao Estado tornozeleiras eletrônicas para auxiliar no monitoramento dos presos em regime semiaberto.

O que chama a atenção no termo aditivo assinado pelo diretor do Instituto de Administração
Penitenciária (Iapen) e o representante da empresa, Sávio Peregrino, é o valor gasto no monitoramento dos presos no Acre. O valor total do contrato é de R$ 5,4 milhões por ano, o que representa um gasto mensal de mais de R$ 416 mil com tornoeleiras eletrônicas.

O termo aditivo foi publicado no Diário Oficial de terça-feira (16) tendo início no dia 1 de fevereiro deste ano com término no dia 1 de fevereiro de 2018.

Comentários