Governo do Acre investe em suinocultura na fronteira do Estado

Foto: Alexandre LIma
Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima, com Almir Andrade

Durante a manhã desta segunda-feira, dia 19, o governador do Acre, Sebastião Viana, esteve na fronteira do Acre, para cumprir uma extensa agenda nos municípios de Assis Brasil e Epitaciolândia, para anunciar investimentos.

Acompanhado de alguns secretários, deputados, senadores e o prefeito André Hassem, o objetivo maior seria para anunciar e tornar a Dom Porquito, empresa público, privada e comunitária, que passará a ser a maior exportadora do Norte Ocidental de carne suína.

Foto: Alexandre Lima
Foto: Alexandre Lima

Com provisão de investimento na ordem de R$ 40 milhões de reais (público e proivados), deverá ter uma produção primária em 55 unidades produtivas de terminação e engorda, onde terá capacidade de abastecer todo o Acre e simultaneamente, o Peru, Bolívia e Equador com cortes e embutidos de suínos.

A empresa também estará atendendo os mercados de Porto Velho (RO) e Manaus (AM), com visão futura de chegar no mercado de Hong Kong (Japão) e China. Com esses investimentos, o mercado local movimentará aproximadamente cerca de R$ 12 milhões/ano somente com salários, compra de milho para ração, compra no comércio e serviços.

Além desses investimentos, estará levando renda a zona rural, capacitação tecnológica, incentivo ao plantio de milho para que seja comprado e aumento do PIB significativo para as cidades locais.

A perspectiva de crescimento da Empresa Dom Porquito será de 2000 para 2700 leitões por mês, com expectativa de uma renda mensal que poderá chegar a mais de R$ 5000 reais aos donos de galpão.

Segundo foi passado, quando todos os galpões estiverem em funcionamento inicial com cerca de 55 unidades de engorda, poderá chegar a 400 e cerca de 900 funcionários estarão trabalhando direto e indiretamente na fronteira.

Comentários