Governo do Estado e UnB formam 100 alunos em oito municípios do Acre

A política de valorização profissional tem contribuído para que o estado cresça e se desenvolva.

A Secretaria Estadual de Educação e Esporte em parceria com a Universidade de Brasilia (UnB), por meio do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) formaram esta semana 100 alunos nos cursos de Licenciatura em Artes Visuais, Música e Teatro nos municípios de Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Brasileia, Acrelândia, Xapuri, Sena Madureira e Feijó.

A distância não impediu que os formandos vivessem a mesma emoção de quem recebe o diploma nos quatro campi presenciais do Distrito Federal. Este é o segundo ano consecutivo que as formaturas acontecem paralelamente nos municípios acreanos. Nos depoimentos de professores e alunos ficou clara a superação de ambos na construção de uma nova modalidade de ensino a partir da UnB. A distância virou presença e memória afetiva, após quatro anos de convivência, mesmo que virtual.

i057447_584

Para Awlieiny Gadelha, um dos 23 alunos que iniciaram o curso de Música no município de Sena Madureira em 2007, e único a se formar em 2013, a formatura representa novas possibilidades profissionais para o futuro.

“Em muitos momentos pensei em desistir, mas algo dentro de mim dizia que eu era capaz e que eu tinha que seguir em frente, pois sabia que esta era uma oportunidade que iria mudar a minha vida”, diz.

Usando as tecnologias para difundir ciências, a Educação à Distância tem mudado vidas de pessoas que antes não vislumbrava a possibilidade de fazer um curso superior por morarem em locais de difícil acesso. Este é o caso da aluna destaque no curso de Música em Cruzeiro do Sul, Maria Euciane Amorim. “Estou vivendo um momento de realização de um sonho idealizado desde criança, mas que achava que era impossível de realizá-lo”, revela.

A iniciativa do governo do Estado em firmar parcerias como estas representam muitos para os menos favorecidos, pois vencem barreiras geográficas através da Educação à Distância.

Perseverança – Ao se conhecer histórias como a da formanda Valnira de Andrade Maia que cursou o Ensino Fundamental por meio de Telecurso e o Ensino Médio através da Educação de Jovens e Adultos é uma prova de que perseverar e correr atrás de seus sonhos é possível de realizá-lo. “Desde os nove anos de idade quando morava numa casinha de palha e brincava com bonecas de panos sonhava em ser professora de artes visuais”, conta.

Para o secretário estadual de Educação Daniel Zen “é sempre uma alegria participar das formaturas dos cursos oferecidos pela UnB, primeira instituição a nos estender os braços na oferta de cursos superior à distância. Esta foi uma maneira encontrada pelo governo em atender a demanda por formação superior em vários municípios acreanos voltada para professores que já atuam na rede pública. Nossa melhor estratégia foi acreditar que o aperfeiçoamento tecnológico iria dar certo. Acertamos por acreditar que é possível, através das novas tecnologias, formar cidadãos capazes e críticos para o exercício da profissão”, afirma.

Ir além das fronteiras – A formação superior em cursos oferecidos pela UnB representa para muitos ‘ir além das fronteiras’. As formaturas representam uma vitória coletiva dos 100 formandos espalhados em oitos municípios do Acre. Elas representam também o incremento na melhoria dos indicadores de desempenho da educação básica e o crescimento do estado na elevação da escolaridade média da população.

A política de valorização profissional tem contribuído para que o estado cresça e se desenvolva. “Esta é uma página bonita da história do Acre. A nossa formação irá permitir que o desenvolvimento econômico não se concentre apenas nas mãos de poucos, mas que ele se distribua por lugares longínquos onde a educação já está fazendo o seu melhor”, ressaltou o formando Marcelo Teles da Silva.

Emocionada a coordenadora do Polo de UAB de Cruzeiro do Sul, Elenilda Maia da Silva, enfatizou que “esta é uma nova forma de pensar educação como forma de se construir a cidadania de milhares de pessoas”.

 

Fonte:

Comentários