Governo entrega veículos e equipamentos para operações fronteiriças

Na manhã desta quinta-feira, 27, o governador do Acre, Tião Viana, entregou ao Sistema de Segurança Estadual veículos e diversos materiais a serem utilizados nos núcleos de Operações Integradas de Fronteira. A iniciativa é parte da primeira etapa da ação estadual da Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron).

Diversas autoridades envolvidas com a segurança no Estado participaram da cerimônia de entrega do material (Foto: Angela Peres)
Diversas autoridades envolvidas com a segurança no Estado participaram da cerimônia de entrega do material (Foto: Angela Peres)

São quatro quadriciclos, cinco motocicletas e mais itens de mobiliário, aparelhos de ar-condicionado, computadores, câmeras filmadoras, datashows, telas de projeção, impressoras, GPSs e provimentos de munição não letal (cartuchos de bala de borracha) a serem distribuídos nos núcleos em Brasileia, Cruzeiro do Sul e Sena Madureira, nos quais as polícias Civil, Militar e Perícia Criminal agirão de modo integrado.

No dia 16 de janeiro, será entregue uma nova leva de veículos, entre eles seis barcos e nove camionetes.

“Com esse material, nosso objetivo é fortalecer as delegacias e quartéis do interior, bem como a polícia criminal. Isso permitirá maior fiscalização nos aspectos de prevenção e repressão aos crimes fronteiriços. Assim, cria-se sensação de segurança para a população, que percebe a presença do Estado na fronteira”, disse o secretário de Estado de Segurança Pública, Ildor Reni Graebner.

motos_e_quadriciclos

Motos, quadriciclos e outros equipamentos foram entregues ao Sistema de Segurança na manhã desta quinta (Fotos: Angela Peres)

Os crimes mais comuns ocorridos nas regiões fronteiriças são tráfico de drogas e de armas, extração irregular de madeira e caça ilegal.

“De janeiro a outubro deste ano, entre os 11 Estados brasileiros que têm região de fronteira, o Acre foi o segundo que mais apreendeu drogas. E nós fizemos tudo isso com recursos próprios. Mas a presidente Dilma se sensibilizou com o nosso esforço, e o governo federal, em regime de convênio, nos fez o repasse R$ 16,5 milhões”, disse Tião Viana.

Durante o evento, também foram entregues a 40 PMs os certificados de conclusão do curso de Negociação de Crises com Reféns, realizado em dezembro.

Estiveram presentes à cerimônia o comandante da PM, coronel José Anastácio, a chefe da Casa Civil Márcia Regina de Souza, o diretor-geral da Polícia Civil, Emylson Farias, o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Pires, o secretário adjunto de Segurança, Ermício Sena, a diretora-geral do Detran, Sawana Carvalho, o diretor-presidente do Iapen Dirceu, Augusto da Silva, e, representando o Ministério Público Estadual, o procurador de justiça Ubirajara Albuquerque.

Comentários