Haitianos são levados à ginásios por melhoras de espaço

Ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, visitará Brasiléia para ver de perto a situação de refugiados

Alexandre Lima

IMG_7120

Força Tarefa de 40 pessoas envolvendo funcionários do Estado e Federal, se reversaram na noite desta quarta-feira, dia 17, para que pudessem receber os cerca de 1400 refugiados que estão na cidade de Brasiléia, nos ginásios esportivos Eduardo Lopes e a quadra de uma escola.

O motivo segundo o representante do Governo do Acre, Ermilson Sena, serão por apenas dois dias, enquanto o espaço onde estão, um antigo clube esportivo, recebesse uma melhoria e ampliação do espaço físico.

Foi informado que o espaço existente ao relento, irá receber um tablado de madeira com tendas onde irá aumentar a capacidade de colchões, desafogando e irão poder distribuir melhor homens, mulheres e crianças. A cena com muitos carregando velhos colchões pelas ruas até os ginásios, impressionava.

IMG_7130 IMG_7183
IMG_7227
IMG_7194 IMG_7206

As equipes se reversavam, juntamente com o grupo do Secretario Nacional da Justiça, Paulo Abraão, que está na cidade de Brasiléia à espera do Ministro José Eduardo Cardoso nesta quinta-feira, dia 18, e Defesa Civil, Polícia Rodoviária Federal e voluntários dos municípios de Brasiléia e Epitaciolândia.

tn_627_600_Jose_Eduardo_Cardozo_190712
Ministro da Justiça, Jose Eduardo Cardozo estará em Brasiléia nesta quinta-feira, dia 18 – Foto: Divulgação

Foi informado que o Ministro da Justiça irá participar de uma coletiva com a  imprensa no prédio da CEUP, ao lado da prefeitura de Brasiléia, onde falará dos trabalhos do Governo Federal em relação ao caso dos refugiados na cidade, entre outros assuntos.

Em tempo, segundo uma vídeo-reportagem que circula na rede social Facebook, cerca de 25 haitianos que entraram ilegalmente no país vizinho do Peru, foram detidos pelas autoridades quando tentavam passar para o Brasil, onde pretendem pedir refúgio.

Os detidos haviam utilizado a rota pelo Equador e já estavam próximo da região de Madre de Dios, com destino à fronteira com o Brasil, através do Acre. Com pouco dinheiro, a reportagem não foi diz se o grupo seria extraditado do País, ou se iriam passar para o lado brasileiro.

IMG_7279 IMG_7285

Comentários