Helicóptero resgatou vítima de acidente em Brasileia na BR 317

Helicóptero João Donato ajuda a socorrer vítima de grave acidente (Foto: Assessoria Sesp)
Helicóptero João Donato ajuda a socorrer vítima de grave acidente (Foto: Assessoria Sesp)

Graças ao trabalho de resgate aéreo utilizando helicóptero João Donato e o auxílio do Samu, fruto de uma parceria entre as secretarias de Saúde e Segurança Pública do Estado, pessoas acidentadas em locais de difícil acesso estão tendo oportunidade de serem atendidas com maior agilidade e terem suas vidas preservadas.

Nesta sexta-feira, 8, o helicóptero e a equipe do Samu foram acionados pela Secretaria de Saúde para socorrer o paciente Ronivon Jerônimo Meireles, 46, que sofrera grave acidente automobilístico de Brasileia.

Ronivon vinha sendo transportado de Ambulância de Brasileia até Rio Branco quando apresentou complicações em seu quadro de saúde. A vítima se envolvera em um acidente quando andava de moto. Ele foi atropelado por um carro e teve fratura nos membros inferiores, além de algumas escoriações pelo corpo, e até o momento permanece inconsciente e respirando com ajuda de aparelhos.

Nesta sexta-feira, 8, o helicóptero e a equipe do Samu foram acionados pela Secretaria de Saúde para socorrer o paciente Ronivon Jerônimo Meireles (Foto: Assessoria Sesp)
Nesta sexta-feira, 8, o helicóptero e a equipe do Samu foram acionados pela Secretaria de Saúde para socorrer o paciente Ronivon Jerônimo Meireles (Foto: Assessoria Sesp)

O helicóptero foi acionado por volta de 10h30 para que fosse ao encontro da ambulância do Samu que se deslocava em direção à capital. Na altura do quilômetro 140, sentido Rio Branco/Xapuri, fez um pouso na rodovia e embarcou a vítima, que a todo instante era monitorada por um médico e um enfermeiro do Samu. Em menos de uma hora o paciente estava no Hospital de Urgências e Emergências de Rio Branco recebendo tratamento mais avançado.

A eficiência do Ciopaer nesses atendimentos se deve a uma exigente manutenção do equipamento, bem como à aprimorada preparação do efetivo empregado nas operações em aeronaves.

A necessidade em que o serviço de aviação de segurança pública seja prestado com plena eficiência está comprovada nos seus três anos de atuação sem nenhum incidente ou acidente aeronáutico. Centenas de vidas foram salvas direta e indiretamente por meio de diversos tipos de trabalhos em parcerias com outros órgãos do município, do Estado e da União, como campanhas de vacinação, apoio à Justiça Eleitoral e suporte à saúde das tribos indígenas, entre outros. O avanço no serviço de aviação pública do Estado é essencial para um melhor atendimento à população.

Lula Melo e Rayele Barbosa

Comentários