Homem acusado de matar namorada e enterrar no quintal tem a mão decepada por populares

De acordo com informações não oficiais, a causa do linchamento a Roberto Araújo, seria o suposto assassinato e ocultação do cadáver de Maria Madalena Campos.

Roberto da Silva Araújo recebeu os primeiros socorros no local e foi encaminhado so Pronto Socorro/Foto: Selmo Melo
Roberto da Silva Araújo recebeu os primeiros socorros no local e foi encaminhado so Pronto Socorro/Foto: Selmo Melo

O suposto assassino da dona de casa Maria Madalena Campos, Roberto da Silva Araújo, foi vítima de tentativa de linchamento por populares na noite da última quarta-feira (6).

Como resultado do ataque popular que sofreu, Roberto perdeu amão esquerda, que foi decepada a golpes de facão.

De acordo com informações não oficiais, a causa do linchamento a Roberto Araújo, seria o suposto assassinato e ocultação do cadáver de Maria Madalena Campos.

As informações dão conta que o ataque ao suposto assassino teria começado por volta das 22 horas, quando ele caminhava nas proximidades da casa onde o cadáver de Maria Madalena foi encontrado.

Os populares atacaram Roberto Araújo com golpes de ripa e o feriram com terçado, resultando no corte que decepou sua mão.

Segundo informações, não foi possível identificar os agressores devido ao grande tumulto e pelo fato de que quando a Polícia Militar chegou ao lugar da agressão, a vítima já estava ferida.

Corpo da mulher que foi enterrada pelo falso missionário - Foto: ac24horas
Corpo da mulher que foi enterrada pelo falso missionário – Foto: ac24horas

Após a chegada da guarnição policial, Roberto foi encaminhado ao pronto socorro de Rio Branco.

Casa do acusado é incendiada por multidão

O descontrole coletivo dos moradores do Conjunto Waldemar Maciel teve início cerca de uma hora após a retirada do corpo da mulher da casa do acusado.

Revoltados com o crime macabro praticado por Roberto Araújo, uma multidão decidiu incendiar a casa do acusado.

Segundo informações, após o incêndio, dezenas de pessoas passaram a circular nas ruas do bairro a procura de Roberto, que teria sido avistado por um grupo de adolescentes.

Roberto foi encontrado pela multidão próximo a sua residência, e partir  desse instante ocorreu o linchamento.

O acusado teve sua casa incendiada por moradores/Foto: Selmo Melo
O acusado teve sua casa incendiada por moradores/Foto: Selmo Melo
O acusado teve sua casa incendiada por moradores/Foto: Selmo Melo
O acusado teve sua casa incendiada por moradores/Foto: Selmo Melo
Foto: Selmo Melo
Foto: Selmo Melo

Fonte: Contilnet

Comentários