Homem é denunciado e detido por porte de arma e munição em Brasiléia

Pistola automática argentina carregada e munição foi tirada de circulação

Alexandre Lima

Paulo se dizia ameaçado e andava com a pistola para uma suposta defesa, caso necessário.
Paulo se dizia ameaçado e andava com a pistola para uma suposta defesa, caso necessário.

Sua detenção aconteceu por volta das 19 horas deste sábado, após uma denuncia de que um homem estaria portando uma arma no Bairro Ferreira Silva e teria feito ameaças contra outra pessoa. O Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva – GIRO, foi acionado através do 190 e deteve o acusado.

Segundo foi apurado, Paulo Cruz dos Santos (43), estaria em um boteco do Bairro bebendo e tinha guardado consigo, uma pistola de fabricação Argentina, carregada, calibre 22, além de mais munição guardadas num de seus bolsos. Foi quando passou um homem no local e passou a ser ameaçado pelo acusado.

Temendo por sua vida, saiu do local tomando rumo ignorado. Em visível estado de embriagues alcoólica, Paulo saiu do local com a arma e a teria deixado na casa de um conhecido para que fosse guardada, para depois voltar e a pegasse de volta.

Neste tempo, foi interceptado pelos homens da Polícia Militar que o revistou e encontrou a munição restantes num de seus bolsos e disse onde estaria a pistola. Paulo e o conhecido (não teve o nome revelado), foram conduzidos para a delegacia de Brasiléia, onde foi feito o flagrante.

Em sua defesa, Paulo disse que vinha sendo ameaçado pelo homem que não foi encontrado. Teria adquirido a arma para se defender, não estaria arrependido, pois, já teria sofrido uma tentativa de morte a tiros e queria se vingar. “Antes ele do que eu”, falava para todos os presentes.

Além da arma e da munição extra, foi encontrado uma arma branca (faca) com o acusado, que também foi passada para o policial de plantão na delegacia. O caso será analisado pelo delegado titular da mesma.

IMG_1913
IMG_1890 IMG_1909

Comentários