Homem é executado com cinco tiros quando jogava bola na cidade de Brasiléia

Momento em que Otávio chega no hospital trazido por familiares e amigos, mas, já estava sem vida – Foto: Alexandre Lima

O crime aconteceu na frente de várias pessoas que estavam na quadra esportiva, mas ninguém viu nada

Alexandre Lima

Autoridades do município de Brasiléia estão atrás de pelo menos, dois suspeitos que teriam chegado em uma moto no início da noite desta quinta-feira, dia 5, em uma quadra esportiva no Bairro Samaúma, onde estaria várias pessoas jogando bola.

Vítima foi atingido por cinco tiros pelo corpo e cabeça – Foto: Arquivo pessoal

Foi quando um do que estava na moto, saiu rumo a quadra com uma arma e efetuou cerca de seis disparos contra Otávio Alves Ferreira, de 26 anos, foi atingido por cinco. Sendo um no braço direito, abdômen, nas costas, na cabeça por trás e no lado esquerdo do rosto.

Logo após a execução, a dupla tomou rumo ignorado se evadindo do local, deixando a vítima agonizando. Segundo foi levantado, a esposa e uma irmã, sem esperar a chegada da ambulância dos socorristas dos Bombeiros, colocaram Otávio na carroceria de uma pick-up, o levando para o hospital de Brasiléia.

Otávio já teria chegado sem vida, mesmo assim, a equipe médica de plantão ainda tentou reanimar sem sucesso, constatando a morte do rapaz em seguida. Policiais militares e civis estiveram no hospital para colher informações de amigos e familiares sobre o caso.

Vítima foi alvejada no rosto, atrás da cabeça, braço, abdômen e costas – Foto: Alexandre Lima

Foi informado que todas e quaisquer das hipóteses sobre o crime, estarão sendo levado em conta. Latrocínio, possível envolvimento com tráfico, envolvimento com facções criminosas, briga entre amigos, rixa antiga ou o que seja, será investigado afim de chegar até os assassinos.

O que deixou as autoridades perplexas, seria o fato de que ninguém ter uma informação que possa levar aos criminosos, mesmo o crime ter acontecido na frente de várias pessoas que estavam na quadra esportiva. Ninguém viu nada.

Otávio era um pequeno empresário no ramo de venda de bebidas e o crime teria ocorrido próximo ao seu estabelecimento comercial. Os familiares e amigos esperam que os culpados sejam identificados e presos o mais breve possível.

Populare tentaram ajudar a vítima no local do crime – Foto/whatsapp
Equipe médica com socorristas ainda tentaram reanimar a vítima – Foto: Alexandre Lima

Comentários