Homem não aceita fim de namoro e comete suicídio em Brasiléia

Delegado de Brasiléia, Cristiano Bastos, esteve no local do suicídio - Fotos: Alexandre Lima
Delegado de Brasiléia, Cristiano Bastos, esteve no local do suicídio – Fotos: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Era por volta das 20h40 desta segunda-feira, dia 21, quando autoridades militares foram acionadas através do 190 (Emergência), para averiguarem um possível suicídio ocorrido no Bairro Eldorado, na cidade de Brasiléia, localizada na fronteira do Acre.

Ao chegarem numa pequena casa, tiveram que arrombar a porta para ao perceberem através da um brecha, que havia um corpo de um homem já sem vida, dependurado numa corda. O suicida foi identificado, era Geraldo Santos de Araújo, de 32 anos.

O mesmo era trabalhador braçal, natural do município vizinho de Xapuri, distante cerca de 78 km e morava sozinho. Segundo foi apurado no local, Geraldo era tido como uma pessoa ciumenta e esse pode ter sido o motivo do término do romance, e havia anunciado que se a namorada o deixasse, se mataria.

Foi encontrado encima da cama, um bilhete com data onde dizia que amava a namorada. Geraldo pôs uma corda no pescoço e pulou de um banquinho e tirou sua vida e pode ter acontecido após às 12 horas. Após a chegada de policiais militares, perito criminal e do delegado, os bombeiros retiraram o corpo do local para ser entregue ao IML.

Corpo de Geraldo foi levado ao necrotério do Hospital de Brasiléia, para em seguida ser transferido ao IML na Capital - Foto: Alexandre Lima
Corpo de Geraldo foi levado ao necrotério do Hospital de Brasiléia, para em seguida ser transferido ao IML na Capital – Foto: Alexandre Lima

Comentários