Iniciada a seleção de mão de obra para empresas que vão construir `Cidade do Povo´

Na entrada do terreno onde será construída a Cidade do Povo foi montada uma tenda para atender os trabalhadores que foram ao local em busca de emprego. No primeiro dia de inscrições mais de 100 candidatos compareceram, inclusive do sexo feminino.

Uma empresa de gestão em recursos humanos está fazendo um cadastro inicial, onde constam as informações sobre o candidato, inclusive se tem ou não experiência no ramo da construção civil. Por precaução a empresa colocou um aviso para quem chega: fazer o cadastro não é garantia de emprego. Os candidatos ainda terão que passar por um processo de seleção.

“São 13 empresas, algumas já estão instaladas, outras ainda estão por vir, a gente faz o cadastro e esses cadastros são passados para um banco de dados, conforme a necessidade das empresas elas vão chamando”, explica Dandara Moraes, coordenadora de RH.

O projeto da Cidade do Povo prevê a construção de 10 mil casas em um bairro totalmente planejado, com escolas, postos de saúde, comércio e área de lazer. A ordem de serviço para a primeira etapa da obra, com a construção de 3 mil casas, foi assinada em março deste ano.

Atualmente estão sendo executadas as obras de terraplanagem do terreno e construção do sistema de drenagem. Ainda no segundo semestre desta ano será iniciada a construção das casas. A meta do governo é entregar as primeiras unidades habitacionais em março do ano que vem.

A Cidade do Povo será construída às margens da BR-364, com recursos do governo federal, tendo a contrapartida do governo do estado. A expectativa do governo é gerar 20 mil empregos diretos e indiretos ao longo da execução do projeto.

“Servente, pedreiro, encanador, eletricista, são várias funções, eles vão chamar quem tem experiência. E para quem não tem, eles vão forma turma dentro da obra para capacitação” conclui Dandara Moraes, coordenadora de RH.

Rogério Wenceslau

Comentários