Márcio Bittar encerra caravana no Alto Acre com nome a pré-candidato ao governo

Todos os municípios da regional foram visitados pela caravana - Fotos: Alexandre Lima
Todos os municípios da regional foram visitados pela caravana – Fotos: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Na noite deste sábado, dia 21, o deputado federal do Acre pelo PSDB, Márcio Bittar, esteve reunido na Câmara Municipal de Epitaciolândia, para encerrar  sua caravana, feita pelas cidades da regional do Alto Acre, numa agenda política com vistas à campanha de 2014.

Estiveram presente, representantes de 13 partidos (PSDB, PP, PMDB, PSDC, DEM, PTS, SOLIDARIEADE, PR, PSC, PSL, PTdoB, PPS e PMN), além da deputada Antonia Vieira, vereadores das cidade de Brasiléia , Epitaciolândia e representantes das classes  simpatizantes.

A real intenção da caravana, seria o lançamento oficial do nome de Márcio Bittar para concorrer no pleito de 2014, ao governo do Acre. Nesta primeira etapa, acontece reunião com partidos para que juntos, fortaleçam ideias e metas criando uma chapa única.

Para o diretor estadual do PMDB, Aldemir Lopes, o partido defende uma unidade no estado junto aos partidos de oposição. Essa iniciativa atual é destacar um nome forte para que possam lutar no pleito próximo, deixando claro que essa união pode estar fechada.

Já o deputado estadual pelo PSDB, Major Rocha, disse que a caravana foi bem recebida na regional do Alto Acre. “O povo quer mudança, a vontade está estampada em seus rostos e precisamos dar oportunidade de uma nova vida”, disse o parlamentar acreano.

Márcio Bittar acredita em chapa única com forte aliança entre partidos de oposição no Estado
Márcio Bittar acredita em chapa única com forte aliança entre partidos de oposição no Estado

“O projeto atual da política acreana precisa de mudanças urgente. Se fizeram algo de bom, ficou para trás. Pois está estagnado, mofado e o povo está querendo mais do que promessas, prédios bonitos e o melhor, sem perseguição. Precisei do hospital de Brasiléia e tive que ir buscar atendimento no lado boliviano e isto precisa acabar”, disse Marcio Bittar.

No tocante aos partidos que ainda não estão no projeto, disseram que novas conversações estarão acontecendo e as ‘portas estão abertas’. Atualmente, os que estão juntos, defendem uma chapa única que será debatida em assembleia estadual definitiva, após os diretórios municipais chegarem a um consenso final.

Veja vídeo-reportagem abaixo.

Comentários