Ministério da Cultura lança editais para criadores e produtores negros

As inscrições do “Curta-Afirmativo: Protagonismo da Juventude Negra na Produção Audiovisual” estarão abertas até o dia 7 de janeiro.

Em parceria com a Fundação Cultural Palmares (FCP) e a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir/PR), o Ministério da Cultura (MinC) lançou cinco editais voltados aos criadores e produtores negros. O investimento é de cerca de R$ 9 milhões.

Secretaria do Audiovisual (SAV) – As inscrições do “Curta-Afirmativo: Protagonismo da Juventude Negra na Produção Audiovisual” estarão abertas até o dia 7 de janeiro. Serão premiados seis curtas-metragens dirigidos ou produzidos por jovens negros que estejam na faixa etária de 18 a 29 anos. A temática é livre e cada obra terá o montante de R$ 100 mil.

Fundação Biblioteca Nacional (FBN) – Os interessados em participar dos editais “Pontos de Leitura de Cultura Negra”, ”Apoio a Pesquisadores Negros” e “Apoio a Coedição de Livros de Autores Negros” deverão inscrever suas propostas através do Portal de Convênios (www.convenios.gov.br).

O objetivo é ampliar o acesso à literatura já existente de autores negros, incentivar o surgimento de novos escritores e pesquisadores e dar visibilidade para suas criações e pesquisas, incentivando a produção de publicações na forma de livros, em meio impresso e/ou digital.

Fundação Nacional de Artes (Funarte) – A instituição lançou o “Prêmio Funarte” com o intuito de investir em criações e produções que contemplem a diversidade de expressões artísticas. Serão quatro prêmios nos valores de R$ 200 mil, 12 prêmios de R$ 150 mil e 17 prêmios de R$ 100 mil

A previsão é de 33 projetos sejam aprovados nas categorias artes visuais, circo, dança, música, teatro e preservação da memória, com foco na pesquisa, preservação de acervos e na reflexão sobre a produção artística negra no Brasil. O período de inscrição é até o próximo dia 4 de janeiro.

 

Fonte:

Comentários