Ministério Público do Trabalho pede à Justiça que governo do Acre pare de terceirizar trabalho de jornalistas

O Ministério Público do Trabalho (MPT) ingressou na Justiça com ação civil pública para que, em caráter liminar, o governo do Acre, a Secretaria de Comunicação e a Fundação Aldeia de Comunicação abstenham-se de fraudes à relação de trabalho para terceirizar profissionais de jornalismo. Leia mais no blog do jornalista Altino Machado

Comentários