Namorado acusado de matar acadêmica de medicina tentou suicídio em Rio Branco

Alexandre Lima, com rondoniaaovivo

O assassinato da jovem acadêmica de medicina, ocorrido na noite deste domingo, dia 31 de março, em Cobija, capital de Pando (Bolívia), pode ter sido passional, segundo o sitio de notícias de Rondônia, estado natal da vítima.

Segundo foi informado, Francisca Patrícia Alves (27), foi assassinada por seu namorado, identificado pelo nome de Junior Sales, também estudante em Cobija, e não teria aceito o término do namoro.

O acusado já estaria na cidade de Rio Branco, onde tentou tirar a sua vida, mas não conseguiu e foi levado para um hospital da Capital do Acre e está em observação. Não foi relatado se o acusado teria sido procurado pelas autoridades.

Fo informado que Francisca é irmã da atual secretária de esportes de Rondônia, Mara Alves. O corpo de Patrícia seria transladado no período da tarde desta segunda-feira (01) para ser velado por seus familiares.

Mais informações a qualquer momento.

Estudante de medicina em Cobija é brutalmente assassinada pelo namorado

Comentários