“O PP resgatou sua identidade e unidade no Acre”, diz Gladson Cameli

SONY DSC

Concluindo a etapa de filiações partidárias para os pré-candidatos nas eleições de 2014, o Partido Progressista (PP) contabilizou um aumento significativo neste período no Acre, somando forças através de adesões que pretendem fortalecer e ampliar os quadros da sigla no próximo ano.

Entre os novos progressistas estão os médicos José Ribamar, Murilo, o advogado Maurício Hohenberger, Heloy de Castro, Nelson da Vitória, Américo Paes, Tiago Araújo, os jornalistas Lenilda Cavalcante, Rogério Wenceslau e Salomão Matos, Dam Altino, pastor Luzivan, entre outros nomes que pretendem estar na disputa eleitoral de 2014.

Desde que assumiu o diretório estadual do PP, o deputado federal Gladson Cameli buscou o resgate da identidade do partido, seguindo as orientações da Executiva Nacional, que trabalha para aumentar o número de representantes dos poderes executivos e legislativos em todo os estados.

A oxigenação e a liberdade de expressão entre seus filiados tem sido uma das principais metas alcançadas pela nova executiva desde que Cameli assumiu o partido em maio de 2011, que priorizou visitas constantes nos 22 municípios acreanos, dando voz para todos os membros dos diretórios municipais.

Após a intensa agenda realizada nos últimos dias pelo interior do estado, o presidente regional agradeceu a confiança depositada aos filiados e aos novos membros no PP, e lembrou que vem trabalhando diariamente em busca de um futuro promissor para o Acre.

“Sempre fui e continuo sempre um soldado do Partido Progressista e não posso deixar de afirmar que devo o progresso do PP no Acre a Deus e a todos que acreditaram junto comigo no resgate da independência e da dignidade do nosso partido no Acre. Continuaremos unidos, dispostos a realizar um bom trabalho em defesa da nossa população. Essa é nossa principal meta”, disse Cameli.

De acordo com o presidente do diretório municipal de Rio Branco, Carlos Augusto Costa, o PP, como um dos partidos mais tradicionais da política brasileira, mantém-se fiel aos princípios estabelecidos pelo seu estatuto, cumprindo e respeitando as metas de crescimento e fidelidade partidária.

“O Partido Progressista tem ampliado de forma significante o número de filiados em todo o estado porque temos unidade e humildade para buscar quadros que somem no projeto de desenvolvimento para as famílias do Acre”, disse Carlos.

O secretário-geral do PP no estado, Flávio Silva, disse que o PP acreano tem mantido a tradição de valorizar seus filiados e trabalhado dentro de uma política de valorização de todos os gêneros, respeitando a identidade e a livre expressão do pensamento de seus membros.

“Vivemos um momento no Partido Progressista onde todos os seus filiados têm voz e vez para expressar suas ideias e assim contribuir para o crescimento e fortalecimento da sigla ”, afirmou o secretário-geral.

Comentários