Operação conjunta recupera camionete furtada em RO na Bolívia

Documentos originais adulterados denuncia possível esquema de quadrilha em Detran de RO

Caminete já estava com documentos adulterados e placas de outra cidade do mesmo estado - Fotos: Alexandre Lima
Caminete já estava com documentos adulterados e placas de outra cidade do mesmo estado – Fotos: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Uma operação conjunta entre polícias na tarde desta quarta-feira, dia 9, fez com que fosse possível a recuperação de uma camionete modelo Chevrolet, placas falsas NEC 4341, que foi furtada na cidade de Ariquemes (RO), na última sexta-feira, dia 4, e denunciasse um possível envolvimento de pessoas dentro do Departamento de Trânsito do estado vizinho.

A recuperação do veículo, só foi possível graças ajuda de um amigo do real proprietário que esteve no final de semana na fronteira, para realizar compras no lado boliviano e ainda viu quando estava com as placas originais, assim, comunicou o paradeiro.

Documento original com impressão falsa denuncia possivel quadrilha dentro do Detran de RO - Foto: Alexandre Lima
Documento original com impressão falsa denuncia possivel quadrilha dentro do Detran de RO – Foto: Alexandre Lima

Ao chegar na fronteira para tentar recuperar o veículo, descobriu que o mesmo já estava com licenciamento falso e grosseiramente impressos, onde transformou de combustão diesel à gasolina, além das placas da cidade de Porto Velho, capital de Rondônia com o mesmo número.

Com o documento original e cópia da chave que ligou o veículo, foi provado a propriedade e o furto. Na volta para o lado brasileiro, aconteceu momentos de tensão, já que o boliviano que a teria comprado, não desejava entregar e ainda perseguiu os policiais até a fronteira. Foi quando os policiais respiraram aliviados, juntamente com o proprietário.

As investigações irão estar voltadas para o Estado de Rondônia a partir de agora, já que os documentos são verdadeiros, mas, impressos grosseiramente. Levando a crer que existe um esquema de venda do papel de licenciamento, para tentar ‘esquentar’ os veículos em outros estados e países vizinhos.

Comentários