Operação conjunta na fronteira prende dupla que tentaram matar policial para roubar arma

Francisco e seu comparsa foram presos durante a madrugada após tentar matar o policial para roubar a arma.
Alexandre Lima

Após tentar contra a vida do policial na noite desta segunda-feira, dia 13, uma operação conjunta entre policiais civis de Brasiléia e militares do 10º Batalhão, conseguiram deter a dupla por volta das 4h00 desta terça-feira, dia 14.

Francisco Costa dos Santos Silva (19), juntamente com com seu comparsa de 17 anos por volta das 21 horas, usaram armas brancas (Facas), para invadir e roubar a arma do policial, além de tentarem contra sua vida, o ferindo por três vezes, sendo duas no rosto e um no braço.

A pistola do policial recuperada e as facas usadas pelos dois foram apreendidas.

Inicialmente não foi confirmado se teriam levado a arma, o que gerou a busca pela madrugada após identificarem e localizar os dois e recuperar o equipamento juntamente com as facas e munição.

O trabalho foi coordenado pelo delegado titular de Brasiléia, Roberto Lucena. Os acusados foram conduzidos à delegacia, onde seriam ouvidos e efetivado o flagrante. O menor foi descoberto que seria do município de Acrelândia, e pode estar envolvido em crimes ocorridos naquele município.

Droga aprendida com Francisco em janeiro passado mas foi solto após audiência de custódia.

Também foi levantado que, Francisco já está no mundo do crime desde quando era menor de idade. Este ficou na Pousada do Menor por quase três anos, após praticar um homicídio e ao completar a maior idade, foi solto ficando com ficha limpa.

Em menos de dois anos, foi preso em flagrante pelo crime de tráfico e uso de entorpecente no mês de janeiro passado. No dia 19, foi levado para a audiência de custódia, onde foi posto em liberdade pelo Juiz Criminal, por não apresentar perigo à sociedade.

O mesmo deveria cumprir medidas cautelares, como não frequentar bares, ingerir bebidas alcoólicas, está em casa a parti das 19 horas, entre outras atividades limitadas pelo juiz da Comarca.

VEJA VÍDEO COM ALMIR ANDRADE

Policial foi ferido por três vezes e escapou da ação dos bandidos.

Menos de dois meses depois, o mesmo tentou contra a vida do policial que estava no dia de sua prisão. Novamente, Francisco será conduzido para mais uma audiência de custódia nesta quarta-feira (15), pelo policial e demais agentes civis e militares.

Comentários