Péssimo serviços da telefônica Vivo na fronteira irrita consumidores

Alexandre Lima

Centenas de milhares de consumidores da Vivo na fronteira do Acre, onde inclui as cidades de Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil, vem passando constrangimentos quando procuram usar seus celulares e quase não conseguem falar.

O pior sinal se notar na cidade de Epitaciolândia e é quase impossível falar. As transmissões ficam falhando e o sinal cai constantemente. Segundo foi apurado com um técnico em telefonia, disse que o problema é dos transmissores.

Este estariam sem receber manutenção adequada e por isso, o motivos das falhas nas transmissões dos celulares. Segundo um vereador de Brasiléia, estariam formando uma comissão para formalizar uma explicação da Empresa e a melhoria dos serviços dentro de um pequeno prazo.

Caso não seja normalizado, poderão acionar a Empresa no Ministério Público e Procon através de uma ação pública.

Comentários