Policia Boliviana prende militar brasileiro em Cobija

Uma Policial Militar que estava fardada e armada foi presa ontem a tarde na cidade boliviana de Cobija, capital de Pando, na fronteira do Brasil com aquele pais. Segundo testemunhas, a policial brasileira foi seguida por um grupo de soldados do exercito boliviano e cercada ao sair de uma loja. Uma testemunha que conversou com a reportagem do Ac24 horas relatou o ocorrido.

” A mulher caminhava pelas ruas fardada e armada e quando saiu da loja foi abordada. Ficaria uns policiais de moto na ponta das duas ruas, e chegou um grupo de carro. Eles cercaram ela e começaram a perguntar pela arma, porque ela estava armada, mas quando foi abordada nao estava mais com o revólver. Eles revistaram a bolsa dela e o carro em que ela andava. Eu ainda ouvi um pouco da conversa. Ela disse que estava fazendo escolta para outra mulher que foi fazer um pagamento. Depois, os policiais botaram ela no carro e saíram”, contou a testemunha.

Em Rio Branco, o comandante geral da PM, cel Jose dos Reis Anastácio confirmou o episódio mas afirmou nao conhecer detalhes da  situacao. Ele disse que determinou ao comandante da PM em Brasileia que apurasse os fatos e se comprometeu em tornar publica as informações. Segundo o coronel, quando um militar brasileiro entra em outro pais, é obrigatorio que deixe sua arma no Brasil, o que pelo relato das testemunhas, nao ocorreu com a policial do Acre.

Fonte: ac24horas.com

Comentários