Polícia Militar prende menor e irmão envolvidos no assassinato de jovem

Menor tem várias passagens por tentativas de homicídios e outros delitos, mas sempre foi beneficiado pelo Estatuto do Menor - Foto: Alexandre Lima
Menor tem várias passagens por tentativas de homicídios e outros delitos, mas sempre foi beneficiado pelo Estatuto do Menor – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Em poucas horas de investigação após o crime bárbaro que chocou os moradores do Bairro Leonardo Barbosa, zona periférica de Brasiléia, na noite deste domingo (29), os policiais militares em conjunto com o reservado, iniciaram investigações para tentar chegar ao(s) assassino(s).

Partindo das informações que foram obtidas, puderam chegar ao principal acusado, um menor de 16 anos e seu irmão que está em liberdade condicional por envolvimento em vários crimes na fronteira, que vão desde porte ilegal de arma de fogo, furto e envolvimento com entorpecentes.

A detenção do menor ocorreu após seu irmão, Jucicley Lima Jerônimo (21), ser interrogado e dizer que estaria escondido. Por volta das 3 horas da madrugada desta segunda-feira, dia 30, os policiais se deslocaram para o ramal do Polo Wilson Pinheiro e o encontrou dormindo na casa da avó.

Coincidentemente, a arma do crime também encontrada na localidade, um facão (terçado) 128 afiado e ainda com marcas de sangue. Sem resistência, o menor se entregou aos policiais e foi conduzido ao 10º Comando e seguida, à delegacia juntamente com seu irmão.

A frieza do menor impressionava os mais experientes policiais. Disse que matou por ter sido ameaçado de morte e resolveu a questão momentos depois. Se apossou de um facão e procurou seu desafeto pelo Bairro de bicicleta até cometer o crime.

O mesmo tem um histórico de ser violento, onde brigou por diversas vezes na escola, tentou matar por três vezes com arma branca (faca), mas, sempre foi beneficiado pelo Estatuto do Menor Adolescente e era liberado.

Arma usada para matar o jovem no Bairro Leonardo Barbosa - Foto: Alexandre Lima
Arma usada para matar o jovem no Bairro Leonardo Barbosa – Foto: Alexandre Lima
Jucicley está em liberdade condicional está envolvido diretamente no crime. Pode, ou não, ser o autor. - Foto: Alexandre Lima
Jucicley cumpre liberdade condicional e está envolvido diretamente no crime. Pode, ou não, ser o autor. – Foto: Alexandre Lima

Outras versões

O que chama atenção neste crime, é o fato de que o menor possa estar assumindo a culpa do irmão no crime. A suposta vítima do furto no período da tarde e que teve seus cartões levados, seria a namorada de Jucicley, irmão do acusado.

Os três teriam se envolvidos numa discussão e a vítima portava uma grande quantidade de drogas. O que se suspeita de ter levado os cartões como garantia do pagamento pela compra do entorpecente.

Outro ponto levantado, seria de que Jucicley possa ter incentivado seu irmão a cometer o crime por ser menor de idade, ou, tenha cometido o crime e o acusado assumiu o ato para livra-lo de mais uma condenação.

A namorada de Jocicley poderá ser chamada para dar seu depoimento. A mesma esteve na delegacia com seu namorado para dar queixa contra a vítima momentos antes do crime. O caso agora passa a ser de competência do delegado titular da Brasiléia.

Matéria relacionada:

Jovem é degolado a golpes de facão após praticar furtos em Brasiléia

Comentários