Prefeito e vereadores encontra maquinários do município abandonados a 50 km de Brasiléia

As maquinas foram encontrados na beira do igarapé Riozinho e corria o risco de ser encoberto pela água

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Brasiléia

Segundo informações, as máquinas deverão ser recuperadas somente em Abril, quando baixcar o nível do igarapé - Fotos: Assessoria
Segundo informações, as máquinas deverão ser recuperadas somente em Abril, quando baixar o nível do igarapé – Fotos: Assessoria

Depois que recebeu a denuncia de que tratores da prefeitura estariam abandonados no Ramal do Riozinho, a cerca de 50 km do Centro de Brasiléia. O prefeito Everaldo Gomes (PMDB), reuniu uma comitiva composta de cinco vereadores e dois secretários para seguir no início do final de semana, até o local que os maquinários foram identificados.

A comitiva que saiu na madrugada de sábado, 5, de frente da Secretaria de Obras, enfrentou chuva, lama e ficou em atoleiros por diversas vezes. Os vereadores que acompanhavam a visita do prefeito ajudavam todas as vezes que um dos veículos da comitiva atolava.

Quando chegou a comunidade conhecida como São José, próximo do Seringal Filipinas, o prefeito Everaldo se encontrou com lideranças da região que informaram, onde, se encontrava os maquinários pertencentes à Secretaria de Obras do Município.

Na companhia dos secretários e dos vereadores, o prefeito pode constatar o Estado que se encontrava as três maquinas. Sendo um Trator D7, uma Retro Escavadeira e um Trator de Pneus. O maquinário pertencente à Secretaria de Obras estaria no local segundo os moradores, a mais de quatro meses sem qualquer tipo de manutenção.

Para se ter uma ideia do descaso com o Patrimônio Público, as maquinas se encontravam as margens do igarapé, conhecido como Riozinho. “Se não tivéssemos encontrado os tratores logo, poderíamos ter o risco de perder todas às maquinas. Já que o nível do Riozinho está subindo e poderia cobrir toda a região, incluindo o maquinário”, disse o prefeito Everaldo Gomes.

Segundo o prefeito, por não ter havido uma transição de gestão, situações como essas de patrimônio público abandonado estão sendo identificados. E acrescentou, dizendo que devido o inverno os maquinários só poderão ser retirados da região no mês de abril, por conta do difícil acesso de localização das maquinas. “Colocamos as maquinas em um local protegido e assim, não vamos correr o risco de perdê-los pelas inundações do igarapé da região”, destacou Everaldo.

Os vereadores ao observar os maquinários ficaram indignados com a falta de consciência da administração passada do município. “Isso que presenciamos aqui na comunidade São José e Seringal Filipinas mostra o descaso e a falta de compromisso da ex-prefeita com o município. Essas maquinas eram para está trabalhando para a população e não largadas aqui a beira de um igarapé correndo o risco de serrem tomadas pela água. Faremos de tudo para que as pessoas que sucatearam o patrimônio da prefeitura sejam punidas”, desabafou o vereador Bil Rocha (PMDB).

O vereador Joelson Pontes (PP), que também acompanhou a comitiva, destacou o descaso e prometeu denunciar aos órgãos competentes, o sucateamento que vem se encontrando em todos os patrimônios deixados pela gestão passada do município.

A Secretária de Ação Social, Marisanta Silva falou que acompanhando o prefeito para encontrar os maquinários da Secretaria de Obras, não deixou de prestar atenção na falta de presença do município na região. “Medidas urgentes de ação social, em conjunto com a saúde, educação, esporte e lazer devem ser realizadas na zona rural do nosso município. E nossa gestão vai priorizar está cada dia mais perto da população”, relatou.

A comitiva liderada pelo prefeito Everaldo nesse final de semana contou com a presença dos vereadores Naldo (PP), Marquinho (PSDB), Marivaldo (PMDB), Joelson Pontes (PP) e Bil (PMDB), além dos secretários, Zezinho Moraes e Marisanta Silva

Comentários