Previsão é de muita chuva nos primeiros três meses do ano

O ano que se inicia poderá ser marcado por muita chuva no Acre e nas regiões vizinhas, nos primeiros três meses, tendo em vista o elevado teor de umidade do ar como consequência da intensa evaporação das águas do oceano Atlântico. Este aumento na evaporação é causado pela elevação da temperatura de suas águas. Assim, os ventos que sopram do oceano para a Amazônia trazem muita umidade. Devido à barreira formada pelos Andes, esse vapor se condensa e forma muitas nuvens carregadas que se transformam em chuvas torrenciais no Acre, Rondônia, sul e oeste do Amazonas, norte e nordeste da Bolívia e toda a Amazônia peruana.

Segundo a média histórica, as chuvas em Rio Branco são mais intensas nos meses de janeiro e fevereiro, quando são registrados cerca de 285mm de precipitação em cada mês. Portanto, janeiro é o mês que mais chove, porém, o mais úmido e chuvoso é fevereiro.

Já, o período seco, ocorrerá entre final de maio e início de outubro, sendo que os meses com menor quantidade de chuva são julho e agosto.

Quanto à temperatura, tudo indica que o Acre será tomado, em 2013, por intensas massas de ar frio de origem poloar. Rio Branco poderá registrar temperaturas muito baixas  – em torno de 8ºC – como as registradas na década de 1970, quando os termômetros, marcaram 5,9ºC e sensação bem inferior devido aos fortes ventos. Esse resfriamento é consequência da perda de calor que está ocorrendo nos oceanos que contornam a Antártida e o Ártico provocando queda acentuada da temperatura nas regiões polares. Assim, formam-se centros de altíssima pressão que provocam muitas frentes frias em direção à linha do equador. Como exemplo, temos o frio intenso que tem ocorrido na Europa, na América do Norte e na Ásia. Na Antártida, onde fica a estação brasileia Comandante Ferraz, também, foi registrada neve intensa pela primeira vez, em pleno verão passado, desde que o Brasil passou a atuar naquela região.

Os meses em que são registradas as menores temperaturas diurnas, no Acre, são junho e julho e as menores temperaturas noturnas acontecem em julho e agosto. Em Rio Branco, a média das mínimas, nesse período é de 18ºC com extremos médios entre 10 e 13 graus.

A probabilidade maior, portanto, é de que, em 2013, a temperatura média no Acre fique abaixo da média. Fortes ventos com temporais voltarão a ocorrer entre final de agosto e início de novembro, em todo o estado.

Otempoaqui

Comentários