Renan Calheiros enfrenta protesto antes de subir rampa do Congresso

Senador ouviu calado gritos de ‘safado’, ‘sem vergonha’ e ‘ladrão’ no dia de abertura dos trabalhos legislativos

Beto Barata/AE "'Até quando o Poder Legislativo envergonhará o Brasil?', perguntava cartaz"
Beto Barata/AE
“‘Até quando o Poder Legislativo envergonhará o Brasil?’, perguntava cartaz”

Em sua primeira aparição pública após ser eleito presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) foi xingado nesta segunda-feira por manifestantes. Enquanto subia a rampa do Congresso Nacional, atividade que faz parte da cerimônia de abertura dos trabalhos legislativos, o senador ouviu calado gritos de “safado”, “sem vergonha” e “ladrão”. Os manifestantes portavam cartazes “Até quando o Poder Legislativo envergonhará o Brasil?” e “Fora Renan ou abaixo o Senado”.

Renan Calheiros foi eleito novo presidente do Senado na última sexta-feira, 1. Uma semana antes, no entanto, o Ministério Público Federal (MPF) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) denúncia contra Calheiros, pelos crimes de falsidade ideológica, uso de documentos falsos e peculato.

Por DENISE MADUEÑO E DÉBORA ÁLVARES, estadao.com.br

Comentários