Seaprof terá investimentos de R$ 210 milhões

Nos próximos 20 meses o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof), fará investimentos na ordem de R$ 210,4 milhões na área de produção em todo o Estado.

Metas da Seaprof para o biênio 2013/2014 foram apresentadas nesta quinta-feira pelo secretário Lourival Marques (Foto: Sérgio Vale/Secom)
Metas da Seaprof para o biênio 2013/2014 foram apresentadas nesta quinta-feira pelo secretário Lourival Marques (Foto: Sérgio Vale/Secom)

As metas da Seaprof para o biênio 2013/2014 foram apresentadas nesta quinta-feira, 25, pelo secretário da pasta, Lourival Marques, para o governador Tião Viana.

De acordo com o Marques, estão planejadas ações para os 22 municípios. Entre elas o programa de piscicultura com mais de 2.800 tanques para serem construídos, o trabalho de mecanização em 30 mil hectares e o plantio de seringueiras, expandindo a plantação para mais 2.500 hectares.

“Também teremos o Programa de Aquisição de Alimentos [PAA], que terá investimentos de R$ 6 milhões, e o programa de crédito do Banco do Brasil e Banco da Amazônia, por meio do Pronaf [Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar]. Haverá ainda a compra de equipamentos e a entrega de apoio à extensão indígena”, acrescentou Lourival Marques.

O governador Tião Viana disse que o governo do Estado tem investido no apoio técnico aos produtores, principalmente os pequenos e médios, para que o Acre possa trilhar um novo caminho tendo como meta o desenvolvimento da classe rural. De acordo com Tião Viana, com esses investimentos o homem que vive no campo terá condições de ganhar uma renda fixa melhor e, assim, poder oferecer um futuro com mais qualidade de vida para a família.

Comentários